Missões urbanas: S.O.S. Xerem


Olá, pessoal, estivemos em Xerém esta semana após a tragédia. Várias igrejas se mobilizaram e fizeram a diferença naquele local. As redes sociais também se tornaram uma ferramenta importante nesta mobilização. Enquanto a Cruz Vermelha estava na Pracinha da Cidade arrecadando e distribuindo alimentos e a Prefeitura estava no Centro reconstruindo a ponte e desobstruindo as ruas principais, as igrejas locais atuando em unidade tiveram grande importância prestando serviço nas áreas mais próximas ao foco da tragédia e oferecendo seus templos como abrigo. Visitamos algumas enquanto servíamos, uma Assembléia de Deus, a Brasil para Cristo e a Batista da fé, onde ficamos instalados. Foram várias pessoas que se dividiram em grupos para levar alimento, água e roupas para os locais mais afetados, onde a Prefeitura não chegava. O fato de as igrejas conhecerem a população local ajudou muito com relação a distribuição das cestas básicas e também na hora de socorrer as vítimas.

Quando chegamos ao local mais afetado, nossa sensação foi de profunda impotência. Uma frustração chegou a nossos corações e todos silenciaram, um silêncio longo. Não tínhamos pás, nem carrinho de mão, nem caminhão para ajudar com as casas. E ainda que tivéssemos, os maradores não poderiam voltar para lá. O Pr. Maycon Barroco saiu para comprar este material e voltamos para a igreja para organizar as doações. Nesse meio tempo, tratamos de levantar o ânimo: ânimo também se doa.

Mas se havia gente doando fé, havia os mercenários como a Drogaria Pacheco, que passou a cobrar R$ 9,70 por um Sonridor (antiácido), que custa em média R$3,00. Em alguns lugares as quentinhas também dobraram o preço.

Não foi liberado o número de mortos ainda, certamente foram muitos, pois várias ruas foram soterradas. Mas enfim, agora  resta cuidar dos que estão vivos. Deus é poderoso para reconstruir Xerém.

No momento é preciso doações de água, coisas de bebê (fraldas, hipoglós, etc) e roupa íntima nova (há pouquíssima (doação de sutiã). Não doe roupa rasgada ou suja, não há água e não é possível lavar. Além disso a necessidade é emergencial, as roupas devem estar prontas pra uso. Mas o mais necessário ainda é a água, porque a água local está contaminada.

Se tiver fé, doe fé; se tiver amor, doe amor. Se tiver dinheiro, doe suprimentos. Se só tiver pedras na mão, ajude a reconstruir as casas dos desabrigados. Toda ajuda é necessária.

Saiba mais sobre oque é preciso doar e sobre onde você pode doar na página do Facebook: http://www.facebook.com/Sosxerem

Em Cristo,
Lya Alves






 












 

Mais fotos aqui (Fotografias: Janaína Góis).