Quer fazer um graffiti evangelista na sua igreja e impactar sua comunidade? Saiba como.




O que é o Graffiti Evangelista:
Graffiti, intercessão, evangelismo e inclusão cultural: tudo isso é o Graffitti Evangelista, um mutirão de graffiteiros organizado pelo Ninho das Águias, que ocorre em parceria com a igreja local a fim de mudar o cenário da comunidade, tanto profeticamentequanto literalmente. 

Qual a importância de um evento de graffiti na comunidade?
O Ninho das Águias aposta no desenvolvimento e na inclusão social como formas de impactar a sociedade. Acreditamos que erradicar a miséria da cultura pode ser um meio de erradicar a própria miséria. A arte de rua é muito bem absorvida em comunidades, portanto, é uma ferramenta poderosa de comunicação e integração.

Como o evento ocorre?
Pela manhã, enquanto os grafiteiros pintam a comunidade, equipes de evangelismo visitam as casas para convidar para o culto na rua, orando e intercedendo pelos moradores. À tarde os grafiteiros finalizam os trabalhos e começa o culto evangelístico na rua com participação de outros ministérios convidados : teatro, dança, música, circo, atividade infantil. 


Inclusão social, um valor do Reino de Deus
Somente na década de 1930 o Estado brasileiro começou a observar o tema inclusão social e, somente em 1988, a Constituição ampliou esse conceito, envolvendo a cultura. Jesus, porém, sempre esteve atento aos excluídos: as mulheres, as prostitutas, as viúvas, os samaritanos, os leprosos,e  outros. Cremos que devemos seguir os passos DEle e uma das formas de se fazer isso é atuando na inclusão cultural. 

O Brasil é um país rico em diversidade cultural. Cada região possui a sua própria cultura, costumes, crenças, religiões, danças e com muitas oportunidades para a população desfrutar dessa riqueza como museus, teatros, espetáculos de dança e música.

As diversidades são essenciais para que possamos construir identidades, principalmente se pensarmos em cidadãos conscientes. Por isso o jovem brasileiro deveria ter acesso amplo à cultura, mas infelizmente, não é isso oque acontece. Existem barreiras entre a população e os instrumentos culturais. Uma delas é a concentração de políticas culturais em algumas regiões, que é um dos principais fatores de exclusão cultural. 

Segundo dados do IBGE, apenas 14% dos brasileiros vão ao cinema pelo menos uma vez por mês; 92% da população nunca frequentou museus; 93% nunca foram a exposições de arte, enquanto 78% nunca assistiram a um espetáculo de dança; 92% dos municípios brasileiros não têm cinema, teatro ou museu. Além disso, o brasileiro lê em média 1,8 livros  per capita/ano. 

Apostando no desenvolvimento e na inclusão cultural, o Ninho das Águias promove a street art e os valores do Reino através do Graffitti Evangelista, um mutirão de graffiti realizado em parceria com igreja local.

Veja fotos:

  1° Graffiti Evangelista - Menino de Deus/São Gonçalo (março/2013)
  2° Graffiti Evangelista  - Morro Menino de Deus/São Gonçalo (set/2013)
  3° Graffiti Evangelista - Caramujo (jan/2014)
  4° Graffiti Evangelista - Petrópolis (abril/2014)
  5° Graffiti Evangelista - Salgueiro /São Gonçalo (maio/2014)
  6° Graffiti Evangelista - Jardim Independência (Jóquei)/ São Gonçalo (junho/2014)
  7° Graffiti Evangelista - Monjolos/ São Gonçalo (julho/2014)
  8° Graffiti Evangelista - Morro do Zulu - Niterói (agosto/2014)
  9° Graffiti Evangelista - Marambaia - São Gonçalo (março/2015)
10°Graffiti Evangelista - Pernambuco (março/2015)
11°Graffiti Evangelista - Santa Bárbara (março/2015)




Para mais informações:

 Lya Alves | André Alves
(21) 7679-1462
mpnda@outlook.com