Louvores

O Senhor tem agraciado o Ninho das Águias com composições, proporcionando aos adoradores do MPNDA, oferecerem hinos, salmos e cânticos espirituais espontâneos e proféticos. Conheça nossos louvores.

Graffiti Evangelista

Graffiti, intercessão, evangelismo e inclusão cultural: tudo isso é o Graffitti Evangelista, um encontro de graffiteiros organizado pelo Ninho das Águias. Quer levar o Graffiti Evangelista à sua comunidade? Saiba como.

Escola de Profetas Ninho das Águias

A EPNDA, busca maior compreensão da fé e da verdade revelada, associando a teologia ao sobrenatural. Além da teologia propriamente dita, a EPNDA investe no preparo prático para o sobrenatural, para a intimidade e comunhão diárias com Deus.

Guerreiros de Deus

A revista Guerreiros de Deus é um projeto idealizado por André Alves e Lya Alves. Admiradores de quadrinhos e sem opção de leitura diante das temáticas atuais, os dois profetas foram inspirados por Deus a criar esta saga de aventura... Saiba mais

Palavra

André e Lya, através da pregação do evangelho, têm preparado odres novos, para o receber o vinho novo, levando estes odres ao rompimento com o velho a fim de estabelecer um relacionamento íntimo, simples e diário com Deus.

Profecia

"Ao final de 2015 vocês estarão graduados em batalha, mas em todas elas vocês verão a Minha Glória", com esta palavra o Senhor encerrou o ano de 2014, abrindo um novo tempo no ano que seguiu. Saiba mais.

Ninho das Águias AO:::V.I.V.O



2014: Troca de estação, tempo de revelar o vinho novo.

Feliz 2014: Troca de estação, tempo de mudança.

"E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos."
Daniel 2:21

Estamos chegando ao final de 2013, prontos para entrar em 2014. Todos se enchem de expectativas, e não é a toa. Mudança de tempos e mudança de estações no natural profetizam mudanças no espiritual.

1 - "Ele remove os reis."
Deus está preparando seus sacerdotes e sua igreja. Toda esta mudança é porque Deus quer derramar vinho novo. "Porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis."(Romanos 11:29). Deus não remove a unção de Saul, mas o pecado afasta a presença de Deus de uma pessoa. E não há ministério sem unção. Os títulos dados pelo homem permanecem, mas a presença de Deus, não. A vocação permanece, a Presença manifesta de Deus, não."Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei." - 1 Samuel 15:23

2 - "Ele estabelece os reis"
Quando Deus rejeita Saul, Samuel já parte pra ungir Davi, que já estava preparado. A nova liderança já está preparada, agora é tempo de tocar harpas e desviar de setas até a consumação do chamado. 

3 - Guerra da Casa de Saul contra a Casa de Davi
Os odres velhos podem permanecer velhos, mas vão permanecer também vazios, porque o vinho velho vai secar. Os odres velhos vão ficar cada vez mais ressecados e duros, sua mania de formatar o mover de Deus  vai ficar notória e sua dureza vai fica exposta. Aqueles que se garantem em seus títulos e cargos humanos pra manter sua posição ficarão envergonhados porque assim como foi com Saul, o povo vai começar a reconhecer publicamente o chamado de Davi.

2013 foi ano de estabelecer alianças, e nessas alianças o conflito de interesses também ficou mais evidente. Haverá guerra entre a Casa de Saul (odre velho) e a casa de Davi(odres novos). É uma guerra de lideranças, entre a liderança que perdeu a unção e a liderança que está preparada para o vinho novo. Na verdade, esta guerra já começou em 2013, onde nem a diplomacia ocultava as diferenças de sacerdócio. Mas a Casa de Saul, quando perceber que está perdendo terreno, vai vir com força pra cima da Casa de Davi. 

4 - Rompendo com odres velhos.
Os odres velhos vão manter a aparência de cheios, porque são duros e estuturados o suficiente pra isso, mas na verdade estão vazios e ressecados. Diante dos odres novos, serão envergonhados.Os odres novos estão abertos ao novo de Deus e são moldáveis. E estarão cheios da presença de Deus, alegres, cheios de vida! Deixe oque é velho para trás. O processo de transição do odre velho para o odre novo é o Rompimento. Rompa com velhas tradições que invalidam a Palavra de Deus ("Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes." - Marcos 7:13) e que não geram vida a ninguém.

5 - Revelando o vinho novo
"Eis que dentro de mim sou como o mosto, sem respiradouro, prestes a arrebentar, como odres novos." -  Jó 32:19 - No texto de Jó, a palavra traduzida por "arrebentar" tem também o sentido de "revelar". Deus quer odres novos que sejam capazer de revelar Sua glória e Sua presença, mesmo que isto frustre certas expectativas humanas.

2014 é ano para Revelar o vinho novo. 
"E ninguém deita vinho novo em odres velhos; de outra sorte o vinho novo romperá os odres, e entornar-se-á o vinho, e os odres se estragarão;" -  Lucas 5:37

Para que o odre não se arrebente, é preciso dar espaço pro vinho respirar, ou seja, dar lugar ao Espírito Santo. Uma vez odre novo, quem decide o formato é o vinho, quem diz as regras é o Espírito Santo. 

Em 2014, dê lugar ao novo de Deus. 
Feliz Ano Novo







Palavra de juízo: O Senhor da vinha.

"E começou a falar-lhes por parábolas: Um homem plantou uma vinha, e cercou-a de um valado, e fundou nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e partiu para fora da terra. E, chegado o tempo, mandou um servo aos lavradores para que recebesse, dos lavradores, do fruto da vinha. Mas estes, apoderando-se dele, o feriram e o mandaram embora vazio. E tornou a enviar-lhes outro servo; e eles, apedrejando-o, o feriram na cabeça, e o mandaram embora, tendo-o afrontado. E tornou a enviar-lhes outro, e a este mataram; e a outros muitos, dos quais a uns feriram e a outros mataram. Tendo ele, pois, ainda um seu filho amado, enviou-o também a estes por derradeiro, dizendo: Ao menos terão respeito ao meu filho. Mas aqueles lavradores disseram entre si: Este é o herdeiro; vamos, matemo-lo, e a herança será nossa. E, pegando dele, o mataram, e o lançaram fora da vinha.  Que fará, pois, o senhor da vinha? Virá, e destruirá os lavradores, e dará a vinha a outros." - Marcos 12:1-9

Não bastasse a facção e a competição (emulação, Gálatas 5:19-21) entre as igrejas, vemos o fenômeno das igrejas predadoras. Verdadeiros tiranossauros cheios de sede de sangue(vinho),  Igrejas que marcam eventos no mesmo dia da igreja mais próxima para que seus membros não possam visitar ou mesmo para que o evento não tenha muito "brilho". Igrejas que compram horário de outras na TV, Igrejas que não plantam, mas querem colher oque outros plantaram como Acabe, que queria a vinha de Nabote (1 Reis 21:1-3).

Eu não vou me deter nestes exemplos porque tenho certeza que você conhece muitos deles. Acontece que estes Acabes esquecem quem é "o Senhor da vinha". Confundem um servo com o dono verdadeiro e atacam o servo. E quem ataca o servo também ataca o filho do dono da vinha, e para roubar a herança, é capaz de matar. 

O Senhor da vinha virá e destruirá os lavradores, e dará a vinha a outros, simples assim. Se você conhece alguém que anda com essa síndrome de Acabe, roubando ministério de alguém, avise que o Senhor da Vinha está chegando. E embora não estejamos no Juízo final, o motivo pelo qual o chamamos de "final" é porque tem outros juízos que se cumprem antes dele. Um desses juízos está a caminho, e é a vinda do Senhor da Vinha.

A parábola fala que o filho estava morto, e quem entra em cena é o Pai. Jesus estava falando aos os principais dos sacerdotes, aos escribas, e aos anciãos. Estava falando de si mesmo quando menciona a morte do filho na parábola.

Roubar a vinha é o crime que antecede a morte do filho. Quem rouba um ministério ,na sequencia crucifica Jesus. Aliás, crucificaria, mas Ele não será crucificado novamente. E agora, diferente da parábola, o Filho não morre. Quando os ladrões tentarem tocar no Filho eles tocarão no Jesus glorificado, não mais o cordeiro, o animal sacrificial, mas o leão. E o leão é UM com Deus. 

Portanto,assim diz o Senhor:

"Quão grande será o susto que vão tomar quando virem suas intenções expostas, sua nudez, sua pobreza e miséria reveladas diante de todos. Eu revelarei a sua miséria e os seus ossos secos até as costelas e a sua morte diante de todos, porque seu cheiro para mim é como enxofre. Quão grande será sua decepção quando, destruídos, virem que eu não permitirei que satisfaçam a inveja do seu coração. Quão grande será sua  tristeza pois não lhes darei aquilo que tanto cobiçavam. Minha boca está aberta para os engolir. Se eles querem sanguem terão sangue. Mas não o do cordeiro. Se querem vinho, terão vinho. Não o da videira, mas o vinho que produz contenda."

A nós, que não andamos cobiçando vinhas por aí, cabe vigiar para que não caiamos em condenação devido a natureza barrenta do nosso ser. Se você for ministerialmente roubado nos próximos dias, permaneça na cruz. Não reivindique e deixe o poder da ressurreição operar, restaurando e glorificando aquilo que foi perdido. O mandamento sobre perdoar setenta vezes sete não caducou. Ainda está valendo pra nós.

Em Cristo.
Lya Alves

(12/12/2013)


Escola de Profetas 2014: prepare suas águias


Vencendo na Terra:
Sem medo.


Vencendo na Água:
Você pensa que só você fica sem fôlego? Pois bem, até uma serpente precisa respirar.


Vencendo no Ar:


Em fevereiro de 2014 tem Escola de Profetas. Se você quer proteger o rebanho dos lobos, prepare suas águias.  . . .