2014: Troca de estação, tempo de revelar o vinho novo.

Feliz 2014: Troca de estação, tempo de mudança.

"E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos."
Daniel 2:21

Estamos chegando ao final de 2013, prontos para entrar em 2014. Todos se enchem de expectativas, e não é a toa. Mudança de tempos e mudança de estações no natural profetizam mudanças no espiritual.

1 - "Ele remove os reis."
Deus está preparando seus sacerdotes e sua igreja. Toda esta mudança é porque Deus quer derramar vinho novo. "Porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis."(Romanos 11:29). Deus não remove a unção de Saul, mas o pecado afasta a presença de Deus de uma pessoa. E não há ministério sem unção. Os títulos dados pelo homem permanecem, mas a presença de Deus, não. A vocação permanece, a Presença manifesta de Deus, não."Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei." - 1 Samuel 15:23

2 - "Ele estabelece os reis"
Quando Deus rejeita Saul, Samuel já parte pra ungir Davi, que já estava preparado. A nova liderança já está preparada, agora é tempo de tocar harpas e desviar de setas até a consumação do chamado. 

3 - Guerra da Casa de Saul contra a Casa de Davi
Os odres velhos podem permanecer velhos, mas vão permanecer também vazios, porque o vinho velho vai secar. Os odres velhos vão ficar cada vez mais ressecados e duros, sua mania de formatar o mover de Deus  vai ficar notória e sua dureza vai fica exposta. Aqueles que se garantem em seus títulos e cargos humanos pra manter sua posição ficarão envergonhados porque assim como foi com Saul, o povo vai começar a reconhecer publicamente o chamado de Davi.

2013 foi ano de estabelecer alianças, e nessas alianças o conflito de interesses também ficou mais evidente. Haverá guerra entre a Casa de Saul (odre velho) e a casa de Davi(odres novos). É uma guerra de lideranças, entre a liderança que perdeu a unção e a liderança que está preparada para o vinho novo. Na verdade, esta guerra já começou em 2013, onde nem a diplomacia ocultava as diferenças de sacerdócio. Mas a Casa de Saul, quando perceber que está perdendo terreno, vai vir com força pra cima da Casa de Davi. 

4 - Rompendo com odres velhos.
Os odres velhos vão manter a aparência de cheios, porque são duros e estuturados o suficiente pra isso, mas na verdade estão vazios e ressecados. Diante dos odres novos, serão envergonhados.Os odres novos estão abertos ao novo de Deus e são moldáveis. E estarão cheios da presença de Deus, alegres, cheios de vida! Deixe oque é velho para trás. O processo de transição do odre velho para o odre novo é o Rompimento. Rompa com velhas tradições que invalidam a Palavra de Deus ("Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes." - Marcos 7:13) e que não geram vida a ninguém.

5 - Revelando o vinho novo
"Eis que dentro de mim sou como o mosto, sem respiradouro, prestes a arrebentar, como odres novos." -  Jó 32:19 - No texto de Jó, a palavra traduzida por "arrebentar" tem também o sentido de "revelar". Deus quer odres novos que sejam capazer de revelar Sua glória e Sua presença, mesmo que isto frustre certas expectativas humanas.

2014 é ano para Revelar o vinho novo. 
"E ninguém deita vinho novo em odres velhos; de outra sorte o vinho novo romperá os odres, e entornar-se-á o vinho, e os odres se estragarão;" -  Lucas 5:37

Para que o odre não se arrebente, é preciso dar espaço pro vinho respirar, ou seja, dar lugar ao Espírito Santo. Uma vez odre novo, quem decide o formato é o vinho, quem diz as regras é o Espírito Santo. 

Em 2014, dê lugar ao novo de Deus. 
Feliz Ano Novo