Como refletir a Glória de Deus. Ninho/ICARAÍ 20/JAN/2016

+NinhodasaguiasOrgem Google+

  E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; “ (Mateus 5:1)

Os discípulos de Jesus se aproximaram Dele, porque é isso oque os discípulos fazem: se aproximam do seu Senhor. Jesus disse :"minhas ovelhas ouvem a minha voz", mas ele nunca disse que andava gritando por aí. Discípulo de Cristo, portanto, está sempre se aproximando mais dele. E oque é ser um discípulo? Uma coisa é conhecer a Lei, o AT e o NT, grego, hebraico, aramaico. Outra coisa é ser um discípulo de Cristo.

"Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo." -  Gálatas 3:27

Ser batizado, imerso em Cristo é um passo. Ser revestido de Cristo é um processo contínuo. Ter o perfume de Cristo é diferente de conhecer toda a teologia do mundo. É algo que sai pelos poros. Ser discípulo não é “fazer” ou "deixar de fazer” alguma coisa. A marca do cristão é o “cheiro de Cristo” em nossas vidas.

Oque é ter Sucesso na vida cristã? Não é pregar em grandes ministérios, fazer show no Maracanã, lotar a Marquês de Sapucaí num evento gospel, assinar contrato com a Som Livre e cantar na Rede Globo. É ter o perfume de Cristo em você. Pelo menos do ponto de vista de Deus. É o amor que você tem pelo povo de Deus. Você conhece facilmente um discípulo de Cristo pelo amor que ele tem a igreja do Mestre. Hoje está na moda crente que odeia crente. Isto está sendo ensinado nos púlpitos. Cuidado com teologias que falam de amor ao próximo mas acabam fazendo você odiar seu irmão, principalmente aqueles que estão em processo de santificação, assim como você está. Não se engane: quem não é capaz de suportar a convivência com um irmão da própria igreja onde congrega não é capaz de amar os perdidos. Infelizmente pra muitos, fazer missões se tornou a fuga da convivência. A teologia da missão integral, por exemplo, é uma teologia que parece linda, mas em pouco tempo produz desigrejados. É lindo como falam da igreja que precisa influenciar a sociedade em diversos níveis, mas os frutos estão aparecendo, e muito rápido. Em pouco tempo de existência ela já produziu frutos podres. Talvez pelo fato de muitos dos seus expoentes simplesmente não viverem oque praticam, e certamente hipócritas não podem produzir amor, a menos que seja um amor leviano, mas isto não é amor, e está longe de ser o ágape que Jesus nos ensinou. 

Mas não é só com teologias novas que devemos nos preocupar: ontem eu vi um post no Facebook pedindo para que Calvinistas e Arminianos parem com a feia contenda de séculos, porque se perdem no debate teológico e partem pra todo tipo de obra da carne, sendo a principal as vãs discussões. Recentemente houve um grande congresso para debater arminianismo e calvinismo. Mobilizaram igrejas, pastores e uma grande quantidade de recursos pra um debate que dura séculos, e vai durar até o dia do Juízo, ou seja: "vãs discussões".  Quando eu vi o anúncio deste grande congresso pensei: "mais um congresso para debater sobre a cor das asas do querubim do apocalipse". E pelo resultado final, foi mais ou menos isso mesmo. Mas, uma vez que tais teólogos levantam a bandeira da apologética, pensam que tem licença pra matar. Alguns chegam a parecerem um "Charlie Hebdo gospel". Mas outros, menos escandalosos, simplesmente partem pro bullying, pro julgamento leviano, gritaria, piadinhas imorais, um nível tóxico de pedância, fala excessiva, arrogância, toda forma de contenda em nível exponencial, ofensas, orgulho, ameaças, assédio moral e palavrões. afinal, quem faz apologética está acima do bem e do mal (segundo pensam). 

Mas, apesar de tudo isso, ter sucesso na vida cristã é tão-somente refletir o caráter de Cristo, que é  o resplendor da glória e a expressão exata do Pai (Hebreus 1:3). Certa vez um homem chamou Jesus de “bom” (Marcos 10:18), Jesus foi na jugular do rapaz: “por que me chamas bom? Ninguém é bom, exceto Deus”, disse Jesus. Antes de julgar alguém como “bom” ou “homem de Deus, ou “grande homem”, observe o relacionamento dele com sua família. Quer saber quem eu sou? Olha como trato meu esposo, minha conduta no trabalho, como trato o garçom, o carteiro, o motorista do ônibus. Qualquer hipócrita pode pregar bem. Mas somente os discípulos podem ser semelhantes a Jesus Cristo. Quer saber se você tem sucesso como cristão hoje? Olhe no espelho e veja se você vê Jesus Cristo ali. Eu nem sempre vejo Jesus no meu espelho, infelizmente. Então, que me importa se a igreja está lotada ou não? Se tenho contrato de sucesso, se estou sendo chamada pra pregar em São Paulo, Minas Gerais, Recife? A questão é: quando Deus olha pra mim, oque Ele vê? Jesus Cristo ou  uma criatura corrompida? O grande desafio é esse: refletir a imagem de Cristo. Semana passada falamos quando Jesus arriscou sua vida ao dizer: “eu e o Pai somos um”. E quando citou o salmo dizendo “vós sois deuses”. Podemos dizer o mesmo? Podemos simular um show gospel, podemos simular curas, milagres, mas não podemos simular o perfume de Cristo. Deus não está preocupado se você vai fazer um seminário teológico, ou se você vai alimentar os pobres, ou fazer missões, ou pregar, ou plantar igrejas. Tudo isso é muito bom, mas o alvo, o FOCO é: imitar a Cristo.

Então, oque Deus quer de você? Tudo se encontra no sermão da montanha. Pra começar, aproxime-se de Cristo. Quer a receita de bolo do que é ser cristão? Aí está:

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.” Mateus 5:3-11

A Bíblia nos ensina que o pecado começou no coração do homem. Logo, todos os problemas do mundo começam no coração do homem.  Todos os seus problemas hoje vem de um mesmo lugar: do seu coração. Porque seu coração é onde está a gênese do seu caráter, que molda seu pensamento. Seu pensamento molda suas ações e suas escolhas. E suas ações e escolhas metem você em encrencas que você não gostaria de estar.

Como você conduz seus relacionamentos? Com mansidão, paciência, sabedoria, misericórdia, justiça e graça? É assim? Pare e pense. Deixe o Espírito Santo pregar pra você agora. Deixe o Espírito Santo passar aquele filminho na sua mente. Na última encrenca que você esteve, você estava refletindo o caráter de Jesus? Da última vez que vieram lhe atirar pedras, você foi manso como Ele? Você foi misericordioso, perdoador, longânimo? Você pode estar preocupado com salário, filhos, casa própria, emprego, amor, mas Jesus disse: "não vos preocupeis por coisa alguma". Talvez não esteja lhe faltando dinheiro, talvez esteja lhe faltando sede de justiça. Precisamos desejar mais justiça divina do que coisas. Talvez você esteja precisando aprender a chorar: bem aventurados os que choram.

Os problemas da sua vida existem porque você não está refletindo a Cristo. Você é estimulado a TER coisas, a FAZER coisas, a SENTIR coisas, mas o que importa é SER como Cristo. Quer saber onde você NÃO está refletindo a glória de Deus? Comece procurando onde estão os seus problemas. Temos a visão de um Deus tão bondoso, porém, não justo. No antigo testamento Deus assumia a autoria das doenças, da seca, de todo mal, porque DEUS É JUSTO. Quando ele envia o mal, não é por sadismo, é para o homem corrigir seus erros. Portanto, onde há problemas em sua vida, é por onde você deve começar a procurar onde não está refletindo Deus.

Coloque suas questões para Deus. Você, que tem perguntado a Deus oque fazer, quando fazer ou como fazer, coloque suas questões agora para Ele. Nos preocupamos demais em resolver problemas, mas quantas vezes nos preocupamos em refletir a glória do Senhor na mesma oportunidade? Pergunte como SER como Jesus nesta questão, como refletir o caráter e a glória Dele nesta situação. oque Jesus faria se estivesse no seu lugar?
Amém!

Em Cristo,
Lya Alves
(Esboço do sermão pregado em 20/01/2016)

Veja a segunda palavra da série sobre o sermão da montanha clicando aqui)
(Veja a terceira palavra da série sobre o sermão da montanha clicando aqui)