RUMOS: Conselhos proféticos para 2017




“A Justiça precede o Juízo!” - Com esta frase, começava o Senhor a falar sobre o próximo ano (2017), e de fato, como Ele havia dito em 2015, o ano de 2016 foi o ano da Justiça. Creio que nunca, na história do Brasil República, se viu tantos políticos investigados, sendo presos, sendo caçados. Uma das palavras que recebemos pra 2016 foi: “Quem tem boas obras, receberá seu prêmio de justiça. Quem tem más obras receberá seu prêmio de injustiça.”, e vimos isso nos jornais, e fora deles esse ano. Também foi dito por nosso Pai, que um espírito de fome estaria solto, e arrebatando até cristãos do meio do corpo; infelizmente vimos muitos irmãos se afastando da fé, se desviando do caminho pra atender a fome que gritou em suas almas. Quem teve fome de justiça, viu justiça sendo feita, quem teve fome de pecado, viveu as consequências do pecado.

Diante desse cenário de justiça, temos a palavra de Deus de que isso é só o começo, estamos entrando em um período de juízo, em 2017 sentenças serão determinadas, e quem estiver bem diante da justiça de Deus, terá seu galardão, quem for achado em falta, também.

Assine nossa newsletter e receba nossas postagens em seu e-mail, assim você pode se preparar para se mover profeticamente no próximo ano. Também encorajamos você a compartilhar esta palavra com o máximo de amigos e familiares, assim eles também não serão pegos de surpresa com ataques do inimigo e estarão atentos ao que Deus está falando para 2017!


  1. Seja sagaz.
“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria”.
Provérbios 9:10

Os cristãos da igreja primitiva acreditavam que Jesus voltaria em poucos dias, e adaptaram suas vidas de acordo com essa fé. Mas séculos se passaram e Jesus não voltou. As noivas dormiram esperando o noivo, como na parábola das 10 noivas. Um dos problemas da cristandade atual é a fé no lugar errado. A fé deveria estar na palavra de Jesus: “eis que venho sem demora”. Mas esta fé foi substituída por uma frustração disfarçada de esperança. A maioria dos cristãos vive como se Jesus não fosse voltar já, estão despreparados, o que expõe o fato de que não creem no Senhor. Se confiassem nas palavras do Senhor não andariam por aí, pecando, como se Ele fosse voltar num futuro distante. Jesus não disse que voltaria num futuro distante, disse que voltaria “sem demora”. Cremos na promessa do “Maranatta”? Ou cremos que Jesus voltará num futuro distante? Se você é daqueles que creem que Jesus pode voltar antes que você leia este texto, então você está no caminho certo. Mas se você é daqueles que acha que não é preciso um posicionamento urgente e radical diante do seu pecado, você se enquadra na categoria das noivas loucas.

O texto em Mateus 25:2 diz sobre as dez noivas: “cinco delas eram prudentes, e cinco loucas”. Nos termos originais em grego, a palavra usada para “prudente” é a palavra grega “phronimos”, que significa algo como: “sábio, pensativo, sagaz, perspicaz, discreto e cauteloso” Este é o perfil da noiva que levou azeite consigo. Mas a palavra para “loucas” ou “insensatas”, é “moros”, que significa “estúpido (como se estivesse calado), insensível, (moralmente) estúpido, (aparentemente) absurdo, tolo”. É uma palavra que deriva de outra, “Musterion”, que é usada para designar o silêncio em ritos religiosos. Logo, podemos interpretar que a noiva “louca”, na prática, é estúpida e insensível às coisas de Deus, ela se cala diante do pecado.

Em 2017 essas características, sagacidade e estupidez, serão evidenciadas pelo Espírito Santo, ou se terá azeite ou não. O azeite, que é apenas um elemento circunstancial que denuncia a personalidade das noivas na parábola, deve ser usado com o noivo, pra encontrar o noivo. A postura de quem tiver azeite no próximo ano, deve ser a mesma das noivas da parábola, NÃO DIVIDA SEU AZEITE COM AS ESTÚPIDAS. Uma noiva estúpida e cheia de azeite ainda é uma noiva estúpida, logo, nestes tempos, ore muito antes de dividir seu azeite por aí em congressos, cursos, seminários, vigílias, ministrações e etc. Seu azeite é para o noivo; e como na parábola, quem se achar sem azeite, vai se desesperar pra conseguir. Entenda, as noivas não eram estúpidas porque não levaram azeite, elas não levaram azeite por serem estúpidas, então ter azeite não muda nada, é preciso deixar de ser estúpido e omisso em relação ao pecado.

[Visão André]

Vi duas mulheres, que simbolizavam a igreja e a Justiça de Deus. A igreja dançava valsa com um demônio, ela estava flertando com o diabo. Olhei de novo, e vi a igreja ajoelhada diante da Justiça, que cortava sua cabeça com uma espada.

Deus me deu as passagens:

Tinha Zedequias a idade de vinte e um anos, quando começou a reinar; e onze anos reinou em Jerusalém. E fez o que era mau aos olhos do Senhor seu Deus; nem se humilhou perante o profeta Jeremias, que falava da parte do Senhor. Além disto, também se rebelou contra o rei Nabucodonosor, que o tinha ajuramentado por Deus. Mas endureceu a sua cerviz, e tanto se obstinou no seu coração, que não se converteu ao Senhor Deus de Israel. Também todos os chefes dos sacerdotes e o povo aumentavam de mais em mais as transgressões, segundo todas as abominações dos gentios; e contaminaram a casa do Senhor, que ele tinha santificado em Jerusalém. E o Senhor Deus de seus pais, falou-lhes constantemente por intermédio dos mensageiros, porque se compadeceu do seu povo e da sua habitação. Eles, porém, zombaram dos mensageiros de Deus, e desprezaram as suas palavras, e mofaram dos seus profetas; até que o furor do Senhor tanto subiu contra o seu povo, que mais nenhum remédio houve.”
2 Crônicas 36:11-16



E sete mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso; tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio. Naquele dia o renovo do Senhor será cheio de beleza e de glória; e o fruto da terra excelente e formoso para os que escaparem de Israel. E será que aquele que for deixado em Sião, e ficar em Jerusalém, será chamado santo; todo aquele que estiver inscrito entre os viventes em Jerusalém; Quando o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém, do meio dela, com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor. E criará o Senhor sobre todo o lugar do monte de Sião, e sobre as suas assembléias, uma nuvem de dia e uma fumaça, e um resplendor de fogo flamejante de noite; porque sobre toda a glória haverá proteção. E haverá um tabernáculo para sombra contra o calor do dia; e para refúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva.”
Isaías 4:1-6


2017 será um tempo onde a igreja que flerta com o diabo, que negocia com o pecado, que tolera Jezabel, terá a cabeça (Cristo) cortada fora; teremos então, de forma mais evidente, duas igrejas distintas: uma igreja com Jesus, e outra sem Jesus; ou como na parábola das virgens: uma igreja com azeite, e outra sem azeite pra encontrar o noivo. Pecado não se resolve por si só. O tempo, as leis humanas, as obras humanitárias ou até mesmo o serviço cristão mais abnegado não atenuam nem purificam o pecado. Se você negocia com o pecado, PARE! Ou você vai ficar de fora. Se você não negocia com o pecado, nem flerta com o diabo, siga em frente, pois em 2017 quando “...o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém, do meio dela, com o espírito de justiça, e com o espírito de ardor.” você estará “... inscrito entre os viventes em Jerusalém”, e estará seguro, pois “...sobre toda a glória haverá proteção.”


  1. Calcule os seus gastos.
“Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.”
(Mateus 24:38,39)




Dias de Noé

Parece dura essa direção de não compartilhar sua unção com quem não tem, e é mesmo. Estamos chegando em dias como de Noé. Tempos difíceis, tempos de juízo, onde Deus expõe a injustiça, as trevas e o pecado, assim como foi nos tempos do patriarca. Noé tentou alertar as pessoas, mas depois de muito falar, ser humilhado e ridicularizado, Noé simplesmente virou as costas e se trancou na arca. A unção que temos hoje, será para buscar a Deus em tempos de Juízo, e não para ministrar em qualquer lugar. Você se sente ungido, com excesso de unção, e pensa que o melhor a fazer é dividir? Não faça isso, Noé encheu a arca de mantimentos para um tempo duro de privações; ele não sabia quanto tempo o dilúvio duraria, e a unção que temos hoje será mantimento, então ESTOQUE, você vai precisar.

Passaremos por tempos difíceis, e assim como Noé, não sabemos por quanto tempo vai durar o juízo de Deus nesta nação, portanto, calcule seus gastos. Calcule o percurso, calcule, calcule, calcule... Seja prudente, não haja por impulso, não haja com base em emoções, vontades, ou impulsos carnais. Tenha a perspicácia de uma noiva prudente: oque é preciso fazer? Se preparar para o noivo. Como fazer isso? Com azeite e sabedoria. Como fazer isso? Preparando os vasos, temendo a Deus. Quanto azeite é necessário? Calcule, calcule, calcule… Precisamos ter a sabedoria do construtor da torre citado em Lucas 14:28


  1. Não se contamine com a bestialização

Ciclo de Julgamento

2016 foi o ano da justiça de Deus. Mas o Soberano não julga levianamente, Ele tem seus próprios critérios. Um deles é a “medida da injustiça” (Gênesis 15:16). Em Genesis 15 Deus diz a Abraão que ainda não julgaria os amorreus porque a medida da sua iniquidade ainda não estava completa, ou seja, há limites até aonde uma nação pode ir em sua maldade. Depois disso, Deus inicia seu ciclo de julgamento e juízo. É isso oque está acontecendo com o Brasil, que atingiu o limite da sua maldade, entrando em juízo. A primeira parte do julgamento é exposição do pecado, isto ocorreu em 2016, quando um espírito de fome assolou o país. E esse foi o início de um ciclo de julgamentos onde os espíritos se revezam expondo pecados e entregando as sentenças. Em 2017 ainda estamos neste ciclo, mas esse espírito de fome vai embora, e entrarão em cena a guerra e a peste.

Esse espírito de guerra traz consigo a capacidade de fazer os homens matarem-se uns aos outros e a fim de expor idolatrias. As pessoas estarão dispostas a morrer pelo que idolatram. Os meios de comunicação, cada vez mais, vão massificar e propagar a valorização da violência. Serão dias de idolatria à violência, e de tratar a violência como um espetáculo “agradável”. Isso será absorvido pelas mentes mais fracas a ponto de se criarem ídolos da violência, com o impacto de uma religião sem deuses, mas que exige devoção cega e sacrifícios de sangue. As pessoas agirão cegamente e derramarão sangue pelos seus ídolos, que podem ser ídolos do futebol, do cinema, da música, da política, etc. Qualquer ídolo criado pela mídia. Hoje estamos vivendo tempos de barbárie, mas em 2017 o mundo passará por um processo de bestialização. Em apocalipse, João relata que as pessoas adorarão o dragão, que dará à besta o seu poder, e estas pessoas adorarão a besta dizendo “Quem é semelhante à besta?” (Apocalipse 13:4). A besta fará seguidores, que tentarão comparar seus feitos aos feitos de seus ídolos. Será uma besta de muitas cabeças, e a besta de 2017 não será diferente.


  1. A Justiça precede o Juízo

[Visão André]

Olhei e vi três aviões caça, voando em direção a uma cidade semelhante a Jerusalém, os caças sobrevoavam, atirando em tudo e todos. Dentro de uma das casas havia uma família, apavorada, olhando pra um ídolo de pedra. Me veio a palavra:

Escuta-me, mostrar-te-ei; e o que tenho visto te contarei

(O que os sábios anunciaram, ouvindo-o de seus pais, e o não ocultaram; Aos quais somente se dera a terra, e nenhum estranho passou por entre eles): Todos os dias o ímpio é atormentado, e se reserva, para o tirano, um certo número de anos. O sonido dos horrores está nos seus ouvidos; até na paz lhe sobrevém o assolador. Não crê que tornará das trevas, mas que o espera a espada.

Anda vagueando por pão, dizendo: Onde está? Bem sabe que já o dia das trevas lhe está preparado, à mão. Assombram-no a angústia e a tribulação; prevalecem contra ele, como o rei preparado para a peleja; Porque estendeu a sua mão contra Deus, e contra o Todo-Poderoso se embraveceu. Arremete contra ele com a dura cerviz, e contra os pontos grossos dos seus escudos. Porquanto cobriu o seu rosto com a sua gordura, e criou gordura nas ilhargas. E habitou em cidades assoladas, em casas em que ninguém morava, que estavam a ponto de fazer-se montões de ruínas. Não se enriquecerá, nem subsistirá a sua fazenda, nem se estenderão pela terra as suas possessões. Não escapará das trevas; a chama do fogo secará os seus renovos, e ao sopro da sua boca desaparecerá. Não confie, pois, na vaidade, enganando-se a si mesmo, porque a vaidade será a sua recompensa. Antes do seu dia ela se consumará; e o seu ramo não reverdecerá. Sacudirá as suas uvas verdes, como as da vide, e deixará cair a sua flor como a oliveira, Porque a congregação dos hipócritas se fará estéril, e o fogo consumirá as tendas do suborno. Concebem a malícia, e dão à luz a iniquidade, e o seu ventre prepara enganos.

Jó 15:17-35


Deus atacará a idolatria de forma dura em 2017, isso vai além da “religião”, a cidade ser semelhante a Jerusalém na visão, me diz que será atacada a idolatria no meio do povo de Deus, “... a congregação dos hipócritas se fará estéril, e o fogo consumirá as tendas do suborno”, veremos igrejas idólatras e hipócritas passando pelo Juízo do Senhor.

O espírito da guerra é altamente tóxico e venenoso:

O espírito da guerra, estará presente também em pequenas e frequentes discussões e irritabilidade. Não se contamine com isso. Escolha suas batalhas. Não entre em qualquer briga, não valorize temperamento explosivo, gritarias, contendas. O padrão cristão é a mansidão, a brandura, o amor e a paz. Lembre-se, um espírito de guerra estará aí para disseminar todo tipo de guerra e minar seu tempo e sua unção. Uma pequena quantidade de veneno já é capaz de matar. FUJA de todo tipo de contenda, desde: manifestações de rua, confusões no supermercado ou discussões virtuais nas redes sociais (“Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.”- 1 Coríntios 15:33). Não tente vencer discussões vãs. Não tente “ter razão”, não tente fazer justiça própria. FUJA. O inimigo tentará te atrair para este campo de batalha para te contaminar com violência e produzir em você a cegueira necessária a bestialização.

E assim, com o cenário altamente tóxico e venenoso criado por esse espírito de guerra, um espírito de peste entrará em cena, contaminando as pessoas com todo tipo de doenças da alma e doenças psicossomáticas: relacionamentos doentios, rancor, vícios, depressão, traumas, sentimentos de derrota, complexos, alienação, etc.


  1. Não vá para as manifestações de rua
Deus está visitando os pecados da nação e há um clamor por liberdade. Há limites para a maldade, logo há limites para a escravidão. Esta nação não será uma nação de escravos. O juízo divino destruirá as ferramentas de opressão para que o povo de Deus, a nação santa, saia do cativeiro. Deus disse que em 2017 um anjo destruidor estará nas ruas (como aquele que agiu no Egito na época da morte dos primogênitos). Portanto, será um ano sangrento, as ruas estarão manchadas de sangue. Quando o destruidor passou pelas ruas do Egito, houve muita gritaria e clamor nas ruas, então, quando você ouvir os gritos e as lamentações na noite, faça como os hebreus: não vá para as ruas.



  1. Não tente ser mais misericordioso do que Deus
Ó esperança de Israel, e Redentor seu no tempo da angústia, por que serias como um estrangeiro na terra e como o viandante que se retira a passar a noite? Por que serias como homem surpreendido, como poderoso que não pode livrar? Mas tu estás no meio de nós, ó Senhor, e nós somos chamados pelo teu nome; não nos desampares. Assim diz o Senhor, acerca deste povo: Pois que tanto gostaram de andar errantes, e não retiveram os seus pés, por isso o Senhor não se agrada deles, mas agora se lembrará da iniquidade deles, e visitará os seus pecados. Disse-me mais o Senhor: Não rogues por este povo para seu bem.”

Jeremias 14:8-11


[Visão André]

Vi um homem muito raivoso, gritando, sua cabeça era feita de sal.

O Senhor diz: A pressa em se afastar de mim, secou o interior de quem cedeu a fome de pecado. Eu visitarei a maldade de todos”

“Eu visitarei a maldade de todos”, isso inclui aqueles que não cederam a fome, Deus visitará a maldade em cada coração, a questão é o que ele vai achar, dolo ou culpa? Pecar, todos pecam, quem diz que não o faz, mente, é o que diz a Bíblia, porém a mesma Bíblia faz distinção entre a intenção do coração e os “acidentes de percurso”. Quando Deus visitar a maldade em seu coração ele vai achar um coração que teve e ainda tem intenção de pecar todas as vezes; ou vai achar um coração querendo acertar, mesmo que errando ainda? 2017 será um ano de Juízo, Deus é tardio em irar-se, mas quando isso acontece, não queira ser mais misericordioso que Deus, “...Disse-me mais o Senhor: Não rogues por este povo para seu bem.”



  1. Suba para um nível espiritual mais elevado
[Sonho Lya]

Eu tive um sonho onde eu estava numa praia lotada. No horizonte tinha um movimento estranho no mar e comecei a alertar as pessoas. A água vinha muito rápido mas ninguém acreditava porque não era uma onda, era como a maré subindo, só que não esvaziava. Eu fui transladada para o topo de uma montanha muito alta e o mar tinha tomado tudo na praia. Mas eu não via os cadáveres, simplesmente via o pôr do sol e uma paz muito grande, apesar de todos terem morrido. No sonho, minha mãe estava comigo e minha irmã tinha morrido na praia, mas minha mãe não chorava. Haviam outras pessoas comigo, e ninguém chorava. Todos entendiam que quem foi pego pelas águas não quis se salvar, pois todos tiveram tempo pra isso. De onde eu estava, podia ver outras montanhas onde, assim como nós, pessoas se salvaram e ficaram ilhadas com as águas. Elas tentavam recompor suas vidas após toda aquela destruição. Então entendemos que precisávamos buscar alimento, plantar, construir casas e reconstruir a sociedade, porque aquela sociedade ali tinha terminado,

A interpretação do sonho é a seguinte: O Dilúvio são as águas da ira de Deus com o Brasil. Deus está irado com os pecados desta nação. Deus alinhará o Brasil com a Justiça Divina e todos terão chance de se salvar, mas o fato é que muitos simplesmente vão preferir morrer a se alinhar com Deus. Precisamos aprender a ser auto suficientes, pra reconstruir tudo após o Juízo. Não cremos se tratar de uma morte literal, mas em alguma outra esfera. O Juízo de Deus será duro, mas trará a paz, precisamos lembrar que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, mesmo não parecendo. Precisamos ter o entendimento de Ezequias, que diante de uma palavra sobre seu cativeiro, compreendeu ser uma palavra boa, pois se submeter ao juízo traria paz e verdade (Isaías 39: 6-8). A palavra não parecia favorável, mas o rei entendeu que estava de acordo com a vontade de Deus.

O Monte é o local onde está a salvação em tempos de juízo:

“Acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do Senhor, será estabelecido como o mais alto dos montes e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. Irão muitos povos, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor. E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em relhas de arado, e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra. Vinde, ó casa de Jacó, e andemos na luz do Senhor.” (Isaías 2:2-5)



  1. Não se intimide: Reaja!
[Visão Lya]

Dois exércitos batendo de frente

O Senhor diz: A justiça estará em conflito com a paz”

Em 2017 as pessoas verão as perdas que tiveram. Algumas não se submeterão ao castigo e disciplina, pois não entenderão que isso trará a paz; essas pessoas terão ódio de Deus, e tentarão salvar o que Deus tirou, pensando que podem lutar contra a pesada mão de Deus, o que apenas trará mais sofrimento, castigo e perdas. Não atenderam ao Amor de Deus, agora não poderão ignorar sua mão. Inflamados de ódio, farão guerra contra Deus, e contra os santos.


[Sonho Lya]

Eu via quatro bonecos pendurados, como que enforcados, eles representavam: um pastor amigo, seu pai, André e eu. Era uma ameaça de morte, mas a gente não tinha medo. Quem fez a ameaça eram “cristãos” também; essa igreja prostituta queria a gente morto. Do local onde a gente estava, dava pra ver eles chegando com foices, ancinhos, enxadas e etc. Para nos matar. Eu falei com o pai do pastor amigo, que eles estavam cumprindo a ameaça, mas que não deveria se preocupar, pois o André sabia fazer descer fogo do céu, e eu sabia fazer chover, e demonstramos; ele não pareceu muito impressionado, mas disse: “Que bom que vocês sabem fazer essas coisas, bem-vindos aos dias da grande tribulação”

A “igreja prostituta” do sonho, é aquela que não vai se submeter ao juízo de Deus em 2017, e fará guerra aos santos, perseguindo, e deliberadamente, tentando matar a fé, será a sua forma de lutar contra a mão de Deus.

Eles profanarão o sacerdócio”, disse o Senhor

Sua cabeça fervilhará de ódio, porém encobrirão esse ódio, se disfarçando de santos, com falsas vestes de santidade e poder, serão sepulcros caiados ambulantes. Assim como em Malaquias 3:14, dirão: “inútil é servir a Deus”. Mas a igreja verdadeira tem palavras de juízo (fogo) e torrentes de palavra verdadeira (chuva) para combater a omissão do pecado, e o ensino de mentiras. Por outro lado, quando o inimigo vier com espada, a igreja verdadeira deve reagir com uma postura profética:
  • Como adorador, fazendo “descer fogo dos céus”, através da adoração, da obediência, vida no altar, intimidade com Deus, e se expondo ao fogo divino a fim de serem transformados a cada manifestação da glória de Deus (2co3:18). Com isso, serão agentes de transformação de Deus.
  • Como Elias, precisam “fazer chover”, ou seja, ter a unção do confronto para denunciar pecados, e anunciar as sentenças de Deus, pois irão se confrontar com uma igreja calada e omissa como Acabe, que não se sente responsável pelos crimes de Jezabel.


  1. Revista-se de humildade e poder sobrenatural
[Sonho Lya]

Uma pessoa precisava comprar vestes novas para ir a um casamento. Ela tentou usar roupas que já tinha, mas não serviam mais ou não eram adequadas. Enfim, nada do que ela já tinha servia. Então ela pensou em comprar, mas nada do que ela pensava em compra servia.

Os brasileiros precisam comprar vestes novas para uma nova aliança com o Senhor. Ao final de tudo, Deus fará uma nova aliança com esta nação. Mas é preciso que estejamos com as vestes corretas. Não presuma que você sabe oque são as vestes corretas. Presumir é um erro. Depois de anos “dizendo a Deus oque fazer”, Deus quer humildade. A humildade de chegar diante Dele e dizer que não temos e nunca tivemos ideia do que pode agradá-lo. Sempre temos respostas prontas para questões acerca do Senhor, mas neste momento, respostas prontas são um erro. Não há resposta pronta. É preciso perguntar a Deus oque Ele quer. Mas Deus quer que cheguemos diante Dele com vestes novas e revestidos de ouro puro. O ouro não é para acumular, é para usar com as vestes novas, embora não saibamos como serão, serão vestes de poder, e o ouro simboliza esse poder sobrenatural. Em 2017 precisamos nos revestir do poder de Deus, nos revestir da nossa natureza divina, porque Deus quer uma igreja humilde e ativa no sobrenatural.


  1. Ponha as mão no arado: a colheita virá.
Agora, ao final de novembro, ainda orávamos por todas estas coisas. Sabemos que a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável, e entendemos que todo este peso é porque a nação está num caminho de autodestruição que precisa ser parado. Entendemos que quando todas estas situações ocorrerem teremos que orar para que a Justiça Divina seja feita, em vez de orar para parar com o sofrimento, indo assim contra a vontade de Deus e contra Sua misericórdia. O que Deus está preparando, ainda que seja terrível a nossos olhos, é por misericórdia. Então oramos mais e Deus nos disse:

Aqueles que tiveram uma boa colheita em 2016 ainda colherão frutos a longo prazo. Mas 2017 não é tempo de descansar, é tempo de pôr a mão no arado.”

Se termina uma colheita, o agricultor dá um tempo de descanso à terra, mas faz isso trabalhando, preparando o solo, nutrindo e irrigando a terra para que no tempo certo, possa semear novamente.



Poupe:

Não é tempo de plantar, é tempo de arar, logo, é preciso também sabedoria para gerenciar os frutos da colheita a longo prazo: não saia gastando por aí. POUPE. Em vez de comer as sementes dos frutos de 2016, guarde as sementes e deixe-as secar pacientemente. O fruto do seu trabalho trará com ele sementes para você ampliar sua próxima colheita. Prepare as sementes e guarde para ter o que plantar na próxima estação de semeadura. A próxima colheita vai demorar par chegar, mas quando chegar, será uma colheita a 100 por um, como a colheita de Isaque (Genesis 26;12). Não menospreze o tempo de arar a terra, não queime esta etapa, a boa colheita depende da paciência para fazer este trabalho, então não se apresse. Enquanto você ara a terra, Deus está cuidando das suas sementes. Isso vale para todos os aspectos de sua vida: espiritual, emocional, financeira, etc. Quem teve uma boa colheita em 2016 precisa gerenciar os frutos: aprenda a estocar seus frutos e preparar suas sementes. Enquanto isso, cuide do solo do seu coração, limpe as ervas daninhas, alimente sua alma com a Palavra de Deus.

Apresente seus Frutos de arrependimento:

Se você deu vazão a fome em 2016, sua colheita este ano foi ruim ou péssima, e seus frutos podres contaminaram até os bons, e você não conseguiu extrair nada de bom este ano. Assim, você precisa trabalhar dobrado, porque até o final de 2016 você pode apresentar frutos do seu arrependimento: “Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento” (Mateus 3:8). Com estes frutos em mãos, guarde as sementes e então seu saldo de sementes para a próxima colheita não ficará negativo e, arando a terra, você poderá recuperar o tempo perdido.

Sementes da Graça:

Deus vai liberar anjos para levar sementes aos humildes, para que possam colher até mesmo do que não semearam. Mesmo quem semeou pecado, se tiver frutos de arrependimento, terá as sementes de Graça enviadas pelo Senhor.




  1. Ética é a moral divina para brilhar nas trevas
Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe, Porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço.”
(Provérbios 1:8,9)

Coroa de Graça:

A próxima colheita virá com uma coroa de Graça. Em hebraico, a palavra “diadema” também tem o sentido de “unir, atar, ser agregado”. De modo que “diadema de graça na cabeça” pode ser um trocadilho para “ser unido pela graça aos cabeças” (líderes). Ou seja, o filho que ouvir as instruções (em hebraico: ética, e moral, repreensão) dos pais terão Graça aos olhos de seus líderes. Sabemos que quem teme ao Senhor é sábio. E quem é muito sábio, aprende muito. Quem aprende muito, ensina. Ou como diria Jesus, a luz precisa ser colocada no alto. Quem brilha, traz luz e é colocado no alto (com uma coroa de Graça). Os que forem tementes e fiéis a Deus nestes tempos de densas trevas, brilharão e Deus lhes dará uma coroa de Graça para que ocupem posições de liderança e governo, para que governem com temor e sabedoria, a fim de serem ferramentas de Deus para reconstruir e reedificar a nação e as vidas ali quebrantadas sob os princípios de Deus.

Diante de tais revelações, o Senhor nos disse:

“Felizes os que estremecem com as palavras do Senhor, porque nesses dias, ai daqueles que taparem seus ouvidos à minha voz. Ai daqueles que recuarem quando eu disser: 'avança!'. Ai daqueles que forem pegos flertando com o pecado e que estiverem consumidos pelos seus desejos.

Olha como o Sol se põe, porque farei o sol se pôr sobre essa nação. De Norte a Sul, de leste a Oeste será uma noite longa, e por 10 meses o Destruidor varrerá as ruas e depois disso, ainda por 10 dias haverá a mais intensa tribulação.

E depois disso, virá o tempo da paz. Mas não antes. Então, o orvalho anunciará a manhã e o Sol brilhará novamente: Eis os tempos de paz.

Eu sou o Deus que congrego e eu sou o Deus que disperso. Eu crio a luz, eu faço as trevas. Nada é impossível para mim. A mão do homem se estende de forma abominável em sua luxúria e impiedade. Por sua incredulidade, ó Brasil, por sua afronta e devassidão, farei com que conte os teus cadáveres, mas da mesma forma como não encontro fim para tua maldade, tu também não encontrarás o número exato dos teus cadáveres.

O homem está sendo julgado pela medida de sua mão: tudo aquilo que ele tocou foi levado a juízo. Felizes aqueles que tremem com as minhas palavras, pois estes acharão livramento e conforto. Felizes aqueles que abrandaram seu coração por amor ao meu Nome.

Quando o furor da minha ira passar, encherei os seus corações com a minha paz. E vocês ensinarão aos seus filhos sobre o temor do Senhor, e estarão aptos a reconstruir esta nação segundo a minha vontade, porque neste tempo, aprenderam a ouvir minha voz e a andar nos meus caminhos.

Esta tribulação duraria 10 anos, mas, graças aos santos, durará apenas 10 meses, portanto, esconde-te na montanha mais alta, na rocha mais firme e então a tudo assistirás à distância.

A trombeta soará ao terceiro mês. Guarda-te, eleva-te, prepara-te para o que virá e não chore pelos mortos para que também a minha ira não venha sobre ti.

Nos momentos difíceis, lembra-te que tu verás a paz, a fartura e a alegria. E lembra-te que Eu sou teu criador e Eu te sustento.

Assim como um animal treinado come nas mão do seu adestrador, este país comerá nas minhas mãos.”

Diz o Senhor.


Resumo:
  1. Seja sagaz.
  2. Calcule os seus gastos.
  3. Não se contamine com a bestialização
  4. A Justiça precede o Juízo
  5. Não vá para manifestações de rua
  6. Não tente ser mais misericordioso do que Deus
  7. Suba para um nível espiritual mais elevado
  8. Não se intimide: Reaja!
  9. Revista-se de humildade e poder sobrenatural
  10. Ponha as mãos no arado: a colheita virá.
  11. Ética é moral divina para brilhar nas trevas


Em temor, e tremor
Ministério Profético Ninho das Águias.