Tesouros da glória - Parte 2: Castelos de areia


O ser humano está acostumado com a ideia de viver sem Deus. Mas Jesus disse: "Sem mim nada podeis fazer" (João 15;5). Isso inclui "ser feliz". Ele poderia ter dito: "sem mim você não poderá ser feliz".  

Na última postagem, vimos que:

1 - Moral é um conjunto de regras e proibições que visa tornar possível a convivência dos seres humanos.
2 - O Cristianismo propõe um conjunto de regras para que você possa assimilar oque é ser um novo homem até que o Espírito Santo complete esta obra em sua vida. De outra forma não seria possível que você entrasse na Presença do Rei Jesus para que Ele te leve até o Pai.
3 -  Ninguém é salvo pela Moral. Somos salvos pela fé, que é dom gratuito de Deus.
4 - Misturar os ensinamentos do Cristianismo as regras mundanas não cria um mundanismo santo, mas um cristianismo pagão. Desse modo, você não tem mais um pecador arrependido e santificado, mas uma porca lavada. O cristão, ao invés de ser tornar a imagem de Deus, torna-se a imagem do mundo, a porca lavada.
5 - O Jardim das Ilusões não é o caminho para o Jardim das Delícias, mas é o caminho para o abismo.

Hoje, falaremos sobre a necessidade de se alegrar em Deus e os castelos de areia que criamos nesse processo.

Experimente dizer a alguém que la não pode ser feliz sem Deus e você vai ver uma pessoa ofendidíssima diante de você. Se você insistir, a pessoa ficará agressiva. Todo orgulhoso pensa que pode ser feliz sem Deus. Na verdade, orgulho é o excesso de amor próprio, arrogância, soberba, o sentimento de grande valor com a própria honra ou mérito, senso exagerado da própria dignidade, valorização excessiva do eu em detrimento do outro. Por isso pessoas orgulhosas se ofendem muito facilmente. Quanto maior o orgulho, maior é a capacidade de se ofender com coisas pequenas. Uma pessoa orgulhosa pessoa geralmente que pensa que pode ser feliz sem Deus. Porque o orgulho excessivo é diametralmente oposto humildade que reconhece a onipotência divina.

"Não nos deixemos possuir de vanglória (kenodoxos), provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros." ( Gálatas 5:26)

O orgulho é a empreiteira dos castelos de areia.
Kenodoxos significa "vanglorioso" ou "orgulhoso". Refere-se ao homem que adquiriu uma reputação sem fundamento (kene doxa, "reputação, ou glória, vazia"). Kenodoxia significa ou "vaidade", "orgulho", ou a "fútil sede pela glória" ou "erro", "delusão"". O orgulhoso primeiramente é uma pessoa com opinião vazia sobre si mesmo, ou seja, uma opinião destituída de consistência e valor. O orgulhoso é uma pessoa vazia, que desaparece em sua ilusão de glória. Adivinha quem é o público favorito do "Jardim das Ilusões"? A vida do orgulhoso é um imenso vácuo, a manifestação da antítese entre o real e o imaginário , a grande empreiteira dos castelos de areia. Por ser vazio, vive buscando satisfação, tentando preencher seu vácuo interno, que deveria ser preenchido com Deus. Satanás era a Estrela da Manhã, até que achou que era tão bom que não precisava mais de Deus. Muito cristão hoje sofre essa síndrome de Lúcifer, e acha que pode viver sem Deus. Isso nem sempre é tão flagrante e pode se manifestar sutilmente: começa quando o cristão dá pouca importância a Palavra de Deus, quando ele começa a não ter temor, viola os princípios bíblicos que não considera importantes. até que age como se Deus não existisse e se torna um ímpio dentro da igreja.

Se você perguntar a um orgulhoso se ele é feliz, vai ouvir um "sim" categórico, seguido de algumas justificativas para relativizar a felicidade. Os castelos de areia precisam de colunas de mentiras e argamassa de enganos para ficar de pé. De um modo geral todo mundo é muito feliz. Curiosamente, as estatísticas apontam o contrário: 80% das pessoas estão infelizes com seus trabalhos, 92% das mulheres estão infelizes com seu corpo, metade da população mundial não está satisfeita com sua vida sexual e a depressão atinge quase 7% da população mundial, oque significa +- 400 milhões de pessoas (dados de 2014). A OMS já considera o suicídio um caso de saúde pública.  Entre 2000 e 2012, houve um aumento de 10,4% na quantidade de mortes – alta de 17,8% entre mulheres e 8,2% entre os homens. O país com mais mortes é a Índia (258 mil óbitos),  seguido de China (120,7 mil), Estados Unidos (43 mil), Rússia (31 mil), Japão (29 mil), Coreia do Sul (17 mil) e Paquistão (13 mil). O Brasil é 8º país com mais suicídios. Em 2012, foram registradas 11.821 mortes, sendo 9.198 homens e 2.623 mulheres (taxa de 6,0 para cada grupo de 100 mil habitantes). Onde está toda a felicidade que vemos nas redes sociais?

O grande problema de viver a mentira é que ela lhe impede de viver a realidade. Tão simples, que parece tolo, Mas se é tão óbvio, por que tantas pessoas insistem em mentir pra si mesmas? Uma vida orgulhosa, é necessariamente uma vida cheia de mentiras e enganos. Jesus não compactua com mentiras e não vai cooperar com sua felicidade se isso implica em operar no meio do engano. Castelos de areia são lindos, mas são efêmeros. Castelos fazem parte do sonho onde a donzela espera ser salva do dragão da solidão por meio do príncipe encantado. Mas a donzela, porque está dormindo, não percebe que oque ela pensa ser um dragão é apenas a esperança de ser feliz. Um dragão de quatro cabeças: "esperança", "expectativas","confiança em Deus" e "tempo de espera". Quando aparece um príncipe no cavalo branco ela espera que ele mate o dragão, e ele faz. Mas esse príncipe no cavalo branco é o espírito do Anticristo, que se propõe a ser "a salvação", a "solução dos seus medos e problemas". Não é a toa que o espírito do anticristo está relacionado ao orgulho (leia sobre esse espírito aqui). Descubra se tem castelos de areia em sua vida e destrua. A parte boa é que nem é preciso um martelo para derrubar. Um pequeno movimento e ele desmorona sozinho. 


Fomos criados para o louvor da glória de Deus: 
"Para o louvor de Sua graça, pela qual nos fez." ( Efésio 1:6)
Louvor é alegria. O Louvor é o propósito original pelo qual fomos chamados. Nos afastar da alegria, portanto, é nos afastar do propósito. Mas de qual alegria estamos falando? Estamos falando a Alegria mencionada em Gálatas 5:

"Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei."
Gálatas 5:22,23

Não deixe que ninguém roube sua alegria
Em grego, o termo usado para “alegria” é “chara”, que significa “deleite”, “felicidade”. Esta palavra se deriva de “chairo”, que significa “regozijo”. A palavra grega “chairo” nos lembra o nome da capital do Egito, Cairo, que em árabe é al-Kahira, que significa “o forte”. Em Neemias aprendemos que "a alegria do Senhor é o que nos torna fortes" (Neemias 8.10). Alegria e força estão diretamente relacionados. Para tirar nossa força basta roubar nossa alegria, por isso existe uma batalha no mundo espiritual para roubar e destruir nossa alegria. O mundo espiritual sabe que a alegria é um dos tesouros da glória. Como todo tesouro, precisa ser bem guardado. 
A palavra hebraica para alegria é “chedvah”, derivada de “chadah” e traz a ideia de “união”, pois se relaciona com “‘achad”, que significa “unificar”. A alegria, fruto do Espírito, vem da unidade com Deus. Quando está unido a Deus, exulta de alegria, ainda que em meio à tribulação. Mas, se o inimigo conseguir tirar a alegria do cristão, ele quebra também sua unidade com o Senhor. Quantas pessoas você conhece que tiveram a alegria roubada por algum motivo e então se afastaram de Deus? Não é por acaso. Não é circunstancial. É um assalto espiritual. O objetivo do assalto não era roubar o motivo da sua alegria, o objetivo era roubar a sua alegria. Entende a diferença entre oque te faz feliz e a felicidade? Aprenda a vigiar e guardar sua alegria ao invés de entregar na mão do primeiro assaltante que passa.

Em tudo dai graças
A importância da atividade profética que está sempre pronta a bradar quando nos afastamos dos propósitos de Deus. Muita gente pensa que o problema está em se afastar de Deus, mas basta que nos afastemos do propósito divino: uma vez que o adversário consegue nos afastar do propósito divino é uma questão de tempo até que nos afastemos de Deus, Para que estejamos alinhados com Deus e com seus propósitos, precisamos ir na origem. Precisamos perguntar a Ele se estamos alinhados com os propósitos Dele. Muitas vezes, pensamos que, porque estamos vivendo circunstâncias desfavoráveis ou até mesmo derrotas, estamos desalinhados com Deus. Mas isto não é verdade. Assim como estar vivendo glórias e sucessos e prosperidades não significa alinhamento com Deus. Precisamos viver de modo que tudo em nossas vidas glorifique a Deus. "Em tudo dai graças" não se trata de mera repetição de palavras, se trata de viver de modo que sua vida glorifique a Deus, que suas ações, práticas e pensamentos glorifiquem a Deus em qualquer lugar, em qualquer situação, nas 24 horas do dia. 

Vontade não-tratada
Uma vez libertos do pecado e da pressão que ele exercia sobre nós, deveria ser fácil glorificar a Deus. Se não é fácil para você, é porque sua Vontade não está tratada. Vou fazer uma analogia para que você entenda: uma pessoa faz dieta. Pode comer de tudo, na quantidade que ela quiser, exceto um tipo de alimento. Então ela não tem fome. mas a medida que as horas passam, ela tem vontade de comer. Não tem fome, mas tem vontade de comer o único alimento que não lhe é permitido. O estômago está cheio, mas ela quer a comida proibida. Onde está o problema? No estômago? Não, está na vontade. Logo, felicidade é uma questão de vontade. Se você precisa evitar coisas para ser feliz e não evita, então talvez você não esteja tão disposto a ser feliz quanto pensa. Talvez você tenha pensamentos inconscientes de auto destruição e estes pensamentos manifestam em ações irracionais e autodestrutivas que você não consegue explicar. Para tratar as vontades que te afastam de Deus, jejue, ore, busque intensamente a presença de Deus até que você esteja fazendo apenas a vontade de Deus e não a sua. Geralmente as pessoas param no meio do caminho. Mas esse é um processo que pode levar a vida toda e precisa ser feito até que você perceba que de fato sua vontade está morta na cruz.

Ser feliz é uma escolha
Jesus em Mateus 13:46 conta a parábola de um comerciante de pérolas, que encontrou uma pérola de grande valor, e vendeu tudo oque tinha para comprar esta pérola. Jesus estava falando de sacrificar todos os seus tesouros em função de um tesouro maior. O comerciante da parábola já tinha pedras. Mas encontrou o tesouro dos tesouros, e isso é o Reino de Deus. Essa parábola nos leva a outro entendimento: na busca pela felicidade, teremos que fazer escolhas. Toda escolha implica em perda. O homem entregou todas as suas pérolas por uma mais preciosa. Foi uma escolha. Ele poderia ter ficado com todas as outras pérolas. Se ele pode comprar com oque tinha, poderia simplesmente não ter comprado. Mas ele fez uma escolha. A felicidade é negociável, mas só você sabe o preço que está disposto a pagar por ela. Jesus pagou o preço por nossa redenção e salvação. O direito de ser feliz Ele nos deu. Mas felicidade não pode ser terceirizada, sob pena de escravidão. "Amarás o Senhor teu Deus com todas as tuas forças..."- porque isso é oque te fará feliz. Torne-se um caçador de Deus e você terá como recompensa a felicidade nesta vida - e na próxima.

"Na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente." (Sl 16.11).
A felicidade é um tesouro. Buscar a felicidade, portanto, está alinhado com os propósitos de Deus. Mas buscar a felicidade em qualquer coisa que não seja Deus é um erro onde muita gente tropeça por distração. Na Idade Média havia a interpretação equivocada de que a alegria se opunha á santidade e a piedade. Mas não há conflito entre nossa felicidade e a santidade de Deus, porque a alegria que estamos falando é a alegria derivada da unidade e comunhão com Deus. Logo, buscar a felicidade também é buscar comunhão com Deus. 

O mecanismo da idolatria:
Felicidade é comunhão com Deus. Vimos que o Adversário pode tentar roubar sua alegria, ou sua comunhão. Uma outra forma de ataque é colocar coisas entre você e Deus. Tudo que faz você feliz enquanto te afasta de Deus não traz felicidade real, é só uma forma de assalto. Biblicamente, chamamos de idolatria (esta é uma definição prática, não teológica). Se você ama alguém mais do que a Deus, isto é idolatria. Se você ama alguém que te afasta de Deus, isto é idolatria. Por isso o jugo desigual é tão sério. Você não deixa de ser cristão por causa de um relacionamento com uma pessoa não-cristã. Mas aos poucos, vai precisar fazer escolhas: o dia que você gostaria de ir a igreja, mas não vai para agradar a pessoa, o dia que você gostaria de fazer um culto de ação de graças na sua casa, ms não faz por causa da pessoa, o valor que você gostaria de ofertar mas não oferta porque divide suas contas com uma pessoa que nunca entenderá sua fé...Aos poucos, e gradativamente você vai fazendo opções. Então, quem deseja ser feliz com Deus precisa abrir mão de jugo desigual, seja em amizades, namoros, casamentos, sociedades, etc. A idolatria é a pedra de tropeço entre você e Deus. Cada vez mais essa pessoa terá menos pérolas para comprar a Felicidade que vem de Deus. Considerando que o preço da "pérola de grande valor" na parábola de Jesus era equivalente a tudo oque uma pessoa pode possuir, pequenas concessões em nome da pessoa amada roubam os tesouros preciosos da glória. Mas, por outro lado, compram milhagens aéreas no vôo razante da idolatria. 

Então, por hoje, como buscar a felicidade?

1 - Abandone o orgulho e destrua os castelos de areia: são castelos de ilusões.
2 - Descubra como se alinhar com o propósito divino da sua existência.
3 - Guarde sua alegria.
4 - Jejum e oração para tratar suas "vontades"
5 - Persiga os tesouros da glória
6 - Abandone a idolatria

Buscar a felicidade, que é fruto do Espírito cumpre a Justiça de Deus em sua vida. Porque Deus é glorificado quando damos frutos. 

"Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos." -  João 15:8

Mergulhe fundo nessa aventura de ser feliz. 
Em Cristo,
Lya Alves

Leia a Parte 1 da Série Tesouros da Glória
Leia a Parte 3 da Série Tesouros da Glória