Louvores

O Senhor tem agraciado o Ninho das Águias com composições, proporcionando aos adoradores do MPNDA, oferecerem hinos, salmos e cânticos espirituais espontâneos e proféticos. Conheça nossos louvores.

Graffiti Evangelista

Graffiti, intercessão, evangelismo e inclusão cultural: tudo isso é o Graffitti Evangelista, um encontro de graffiteiros organizado pelo Ninho das Águias. Quer levar o Graffiti Evangelista à sua comunidade? Saiba como.

Escola de Profetas Ninho das Águias

A EPNDA, busca maior compreensão da fé e da verdade revelada, associando a teologia ao sobrenatural. Além da teologia propriamente dita, a EPNDA investe no preparo prático para o sobrenatural, para a intimidade e comunhão diárias com Deus.

Guerreiros de Deus

A revista Guerreiros de Deus é um projeto idealizado por André Alves e Lya Alves. Admiradores de quadrinhos e sem opção de leitura diante das temáticas atuais, os dois profetas foram inspirados por Deus a criar esta saga de aventura... Saiba mais

Palavra

André e Lya, através da pregação do evangelho, têm preparado odres novos, para o receber o vinho novo, levando estes odres ao rompimento com o velho a fim de estabelecer um relacionamento íntimo, simples e diário com Deus.

Profecia

"Ao final de 2015 vocês estarão graduados em batalha, mas em todas elas vocês verão a Minha Glória", com esta palavra o Senhor encerrou o ano de 2014, abrindo um novo tempo no ano que seguiu. Saiba mais.

Como refletir a Glória de Deus. Ninho/ICARAÍ 20/JAN/2016

+NinhodasaguiasOrgem Google+

  E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; “ (Mateus 5:1)

Os discípulos de Jesus se aproximaram Dele, porque é isso oque os discípulos fazem: se aproximam do seu Senhor. Jesus disse :"minhas ovelhas ouvem a minha voz", mas ele nunca disse que andava gritando por aí. Discípulo de Cristo, portanto, está sempre se aproximando mais dele. E oque é ser um discípulo? Uma coisa é conhecer a Lei, o AT e o NT, grego, hebraico, aramaico. Outra coisa é ser um discípulo de Cristo.

"Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo." -  Gálatas 3:27

Ser batizado, imerso em Cristo é um passo. Ser revestido de Cristo é um processo contínuo. Ter o perfume de Cristo é diferente de conhecer toda a teologia do mundo. É algo que sai pelos poros. Ser discípulo não é “fazer” ou "deixar de fazer” alguma coisa. A marca do cristão é o “cheiro de Cristo” em nossas vidas.

Oque é ter Sucesso na vida cristã? Não é pregar em grandes ministérios, fazer show no Maracanã, lotar a Marquês de Sapucaí num evento gospel, assinar contrato com a Som Livre e cantar na Rede Globo. É ter o perfume de Cristo em você. Pelo menos do ponto de vista de Deus. É o amor que você tem pelo povo de Deus. Você conhece facilmente um discípulo de Cristo pelo amor que ele tem a igreja do Mestre. Hoje está na moda crente que odeia crente. Isto está sendo ensinado nos púlpitos. Cuidado com teologias que falam de amor ao próximo mas acabam fazendo você odiar seu irmão, principalmente aqueles que estão em processo de santificação, assim como você está. Não se engane: quem não é capaz de suportar a convivência com um irmão da própria igreja onde congrega não é capaz de amar os perdidos. Infelizmente pra muitos, fazer missões se tornou a fuga da convivência. A teologia da missão integral, por exemplo, é uma teologia que parece linda, mas em pouco tempo produz desigrejados. É lindo como falam da igreja que precisa influenciar a sociedade em diversos níveis, mas os frutos estão aparecendo, e muito rápido. Em pouco tempo de existência ela já produziu frutos podres. Talvez pelo fato de muitos dos seus expoentes simplesmente não viverem oque praticam, e certamente hipócritas não podem produzir amor, a menos que seja um amor leviano, mas isto não é amor, e está longe de ser o ágape que Jesus nos ensinou. 

Mas não é só com teologias novas que devemos nos preocupar: ontem eu vi um post no Facebook pedindo para que Calvinistas e Arminianos parem com a feia contenda de séculos, porque se perdem no debate teológico e partem pra todo tipo de obra da carne, sendo a principal as vãs discussões. Recentemente houve um grande congresso para debater arminianismo e calvinismo. Mobilizaram igrejas, pastores e uma grande quantidade de recursos pra um debate que dura séculos, e vai durar até o dia do Juízo, ou seja: "vãs discussões".  Quando eu vi o anúncio deste grande congresso pensei: "mais um congresso para debater sobre a cor das asas do querubim do apocalipse". E pelo resultado final, foi mais ou menos isso mesmo. Mas, uma vez que tais teólogos levantam a bandeira da apologética, pensam que tem licença pra matar. Alguns chegam a parecerem um "Charlie Hebdo gospel". Mas outros, menos escandalosos, simplesmente partem pro bullying, pro julgamento leviano, gritaria, piadinhas imorais, um nível tóxico de pedância, fala excessiva, arrogância, toda forma de contenda em nível exponencial, ofensas, orgulho, ameaças, assédio moral e palavrões. afinal, quem faz apologética está acima do bem e do mal (segundo pensam). 

Mas, apesar de tudo isso, ter sucesso na vida cristã é tão-somente refletir o caráter de Cristo, que é  o resplendor da glória e a expressão exata do Pai (Hebreus 1:3). Certa vez um homem chamou Jesus de “bom” (Marcos 10:18), Jesus foi na jugular do rapaz: “por que me chamas bom? Ninguém é bom, exceto Deus”, disse Jesus. Antes de julgar alguém como “bom” ou “homem de Deus, ou “grande homem”, observe o relacionamento dele com sua família. Quer saber quem eu sou? Olha como trato meu esposo, minha conduta no trabalho, como trato o garçom, o carteiro, o motorista do ônibus. Qualquer hipócrita pode pregar bem. Mas somente os discípulos podem ser semelhantes a Jesus Cristo. Quer saber se você tem sucesso como cristão hoje? Olhe no espelho e veja se você vê Jesus Cristo ali. Eu nem sempre vejo Jesus no meu espelho, infelizmente. Então, que me importa se a igreja está lotada ou não? Se tenho contrato de sucesso, se estou sendo chamada pra pregar em São Paulo, Minas Gerais, Recife? A questão é: quando Deus olha pra mim, oque Ele vê? Jesus Cristo ou  uma criatura corrompida? O grande desafio é esse: refletir a imagem de Cristo. Semana passada falamos quando Jesus arriscou sua vida ao dizer: “eu e o Pai somos um”. E quando citou o salmo dizendo “vós sois deuses”. Podemos dizer o mesmo? Podemos simular um show gospel, podemos simular curas, milagres, mas não podemos simular o perfume de Cristo. Deus não está preocupado se você vai fazer um seminário teológico, ou se você vai alimentar os pobres, ou fazer missões, ou pregar, ou plantar igrejas. Tudo isso é muito bom, mas o alvo, o FOCO é: imitar a Cristo.

Então, oque Deus quer de você? Tudo se encontra no sermão da montanha. Pra começar, aproxime-se de Cristo. Quer a receita de bolo do que é ser cristão? Aí está:

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.” Mateus 5:3-11

A Bíblia nos ensina que o pecado começou no coração do homem. Logo, todos os problemas do mundo começam no coração do homem.  Todos os seus problemas hoje vem de um mesmo lugar: do seu coração. Porque seu coração é onde está a gênese do seu caráter, que molda seu pensamento. Seu pensamento molda suas ações e suas escolhas. E suas ações e escolhas metem você em encrencas que você não gostaria de estar.

Como você conduz seus relacionamentos? Com mansidão, paciência, sabedoria, misericórdia, justiça e graça? É assim? Pare e pense. Deixe o Espírito Santo pregar pra você agora. Deixe o Espírito Santo passar aquele filminho na sua mente. Na última encrenca que você esteve, você estava refletindo o caráter de Jesus? Da última vez que vieram lhe atirar pedras, você foi manso como Ele? Você foi misericordioso, perdoador, longânimo? Você pode estar preocupado com salário, filhos, casa própria, emprego, amor, mas Jesus disse: "não vos preocupeis por coisa alguma". Talvez não esteja lhe faltando dinheiro, talvez esteja lhe faltando sede de justiça. Precisamos desejar mais justiça divina do que coisas. Talvez você esteja precisando aprender a chorar: bem aventurados os que choram.

Os problemas da sua vida existem porque você não está refletindo a Cristo. Você é estimulado a TER coisas, a FAZER coisas, a SENTIR coisas, mas o que importa é SER como Cristo. Quer saber onde você NÃO está refletindo a glória de Deus? Comece procurando onde estão os seus problemas. Temos a visão de um Deus tão bondoso, porém, não justo. No antigo testamento Deus assumia a autoria das doenças, da seca, de todo mal, porque DEUS É JUSTO. Quando ele envia o mal, não é por sadismo, é para o homem corrigir seus erros. Portanto, onde há problemas em sua vida, é por onde você deve começar a procurar onde não está refletindo Deus.

Coloque suas questões para Deus. Você, que tem perguntado a Deus oque fazer, quando fazer ou como fazer, coloque suas questões agora para Ele. Nos preocupamos demais em resolver problemas, mas quantas vezes nos preocupamos em refletir a glória do Senhor na mesma oportunidade? Pergunte como SER como Jesus nesta questão, como refletir o caráter e a glória Dele nesta situação. oque Jesus faria se estivesse no seu lugar?
Amém!

Em Cristo,
Lya Alves
(Esboço do sermão pregado em 20/01/2016)

Para que sejais filhos - Ninho/ZULU 19/JAN/2016

+NinhodasaguiasOrgem Google+

Obadias 1:12-15

Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da angústia;
Nem entrar pela porta do meu povo, no dia da sua calamidade; sim, tu não devias olhar satisfeito o seu mal, no dia da sua calamidade; nem lançar mão dos seus bens, no dia da sua calamidade;
Nem parar nas encruzilhadas, para exterminares os que escapassem; nem entregar os que lhe restassem, no dia da angústia.
Porque o dia do Senhor está perto, sobre todos os gentios; como tu fizeste, assim se fará contigo; a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.


A nova versão internacional fala que “A maldade que você praticou recairá sobre você.”. Essa passagem é uma profecia de Obadias pra Edom, uma cidade muito bem localizada, ela tinha vantagem sobre as outras, por ficar num lugar mais seguro. Com isso Edom era arrogante, “estamos seguros, os outros que se virem”, mas como a gente sabe “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.” Provérbios 16:18 ensina isso pra gente. Edom e Judá, nem eram inimigos, eles eram primos, Edom é descendente de Esaú, e Judá descendente de Israel. Mas havia uma rivalidade por conta do que aconteceu entre seus pais, quando Jacó enganou Esaú; lá em Gênesis eles fazem as pazes, mas os filhos não levaram a trégua adiante, eles viviam se estranhando, e tinham conflitos e guerras. A gota d'água foi a felicidade de Edom, diante do sofrimento de Judá. Então esse é o motivo de Obadias profetizar assim pra Edom, mas o que isso tem a ver com a gente?

Infelizmente às vezes nos pegamos fazendo o mesmo que Edom, em relação aos nossos irmãos, ao nosso próximo… Principalmente quando esse irmão não nos trata como deveria, quando ele vê a gente passar na prova e não ajuda, a gente acaba achando que pode se vingar quando estiver na bênção, só que, apesar de fazerem músicas sobre isso, Jesus lidava com esse assunto de outra forma: “...Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;” Mateus 5:44

Jesus é demais, quando eu crescer quero ser igual a Ele, e você deveria querer também, até por que isso é mandamento “sejam meus imitadores”. Quer ser filho de Deus como Jesus é? Tem requisitos, desculpa, não é só “aceitar” Jesus, ser batizado e tomar ceia mensalmente, não, você tem que amar os seus inimigos, bendizer quem maldiz você, fazer bem pra quem te odeia, e orar por quem te maltrata e persegue. E não é orar pra Deus pesar a mão na vida dessas pessoas, é orar pra eles se converterem, serem bênçãos, serem discípulos de Jesus também, aí você vai ser um filho de Deus. Daí você pode estar pensando: “Pô, mas aí quem consegue ser filho de Deus, André?” Pois é, quem consegue? É uma boa pergunta.

Eu tô falando sobre ser imitador de Cristo, então o primeiro quesito a ser preenchido é ter o Espírito Santo de Cristo, não estou falando sobre saber que o Espírito Santo está aí dentro de você... "#soutemplodeDeus", não é isso, eu tô falando sobre ter um relacionamento com o Espírito Santo de Deus, que está dentro de você. É isso que Jesus tinha, um relacionamento com o Pai, através do Espírito, então a primeira coisa que precisamos imitar é esse relacionamento. Sem isso pode esquecer esse amor louco, que Jesus diz que a gente precisa ter pra ser filhos de Deus, por que esse amor é fruto do Espírito Santo, está no mesmo pacote do gozo, da paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Tudo isso só vem se você se relacionar com Deus através do Espírito Santo, não tem mágica, Deus não pega uma injeção de Amor e te aplica, "Pronto! A partir de agora você ama todo mundo…" Não é assim, “ame ao próximo como eu vos amei”, lembra que Jesus disse isso? Pois é a gente aprende a amar porque tem exemplo disso em Deus, através do Espírito Santo.

Quando Jesus disse que a gente PRECISA pedir o Espírito Santo ao Pai, Ele não está falando de um detalhe da vida com Deus. Ele estava falando da essência de tudo, Ele estava dizendo novamente, com outras palavras, que “sem Mim, nada podeis fazer”. Sem o Espírito Santo de Cristo, não podemos ser discípulos de Cristo, nem filhos de Deus, este é o princípio. Podemos até brincar e dizer que este é o “princípio das dores”, por que com o Espírito Santo podemos cumprir os requisitos que nos tornam filhos de Deus, podemos amar os nossos inimigos, bendizer quem nos maldiz, fazer bem pra quem nos odeia, e orar por quem nos maltrata e persegue, e se você parar pra pensar, essas coisas levaram Jesus e os primeiros apóstolos à morte, eles acabaram morrendo nas mãos de quem eles amaram. Os filhos de Deus tomam sua cruz e morrem. É uma morte literal? Em alguns lugares sim, na maioria não, graças a Deus, mas, se você for filho de Deus, o apedrejamento, a crucificação, a injustiça, a morte... em algum nível essas coisas vem. A promessa de Jesus não foi que teríamos uma vida gloriosa nessa terra, mas que aqueles que perdessem sua vida por amor a Ele, achariam a vida nEle. E isso vale tudo.

Precisamos saber quem somos em Deus, somos filhos dEle? Somos apenas servos? Quem é você no reino de Deus? Servos apenas trabalham para Deus, filhos tem o caráter do Pai. Às vezes a gente se acha muito, deveria ter um anjo com uma havaiana celestial pra vir de vez em quando, e dar umas solapadas na gente, “Você não é o último Chocoockie do pacote”... De vez em quando ficamos arando nossa própria vida, fingindo que não estamos vendo que ela é seca e estéril, e perdemos tempo semeando coisas que não vão dar frutos sadios, simplesmente por que o Espírito Santo não está na semeadura; semeamos o mal como Edom, e queremos colher o melhor dessa terra como Israel… 

Quem é você em Deus? Você consegue se enxergar? Tudo que eu sei é que você precisa do Espírito Santo pra ver isso de forma clara e sincera, então peça ao Espírito Santo pra te dar um relacionamento com o Pai, e se você já tiver um relacionamento com Deus, pergunte a Ele: “eu consigo me ver como Você me vê, Pai?”

Em Cristo,
André Alves.

Palavra profética: As Mentiras serão vergonhosamente expostas!

+NinhodasaguiasOrgem Google+

Nestes dias Deus tem nos incomodado no Ninho, falando continuamente sobre Sua Justiça e tem nos chamado à pureza sem cessar. Isto é porque está sendo liberada uma unção para remover a imundície, a fim de que a Justiça de Deus se manifeste. A purificação começa na Casa de Deus, com seus santos, mas se estenderá por todos os cantos desta nação.

Mentiras antigas e estabelecidas como verdades virão à tona. 

O mentiroso que está confortável será desalojado e desnudado publicamente. O espírito de mentira será exposto. O espírito de feitiçarias também. Quando pensamos em feitiçaria pensamos em magia, mas raramente pensamos na feitiçaria da carne, que são as ilusões e mentiras. Observe: o espírito de mentira é também um espírito de feitiçaria. Nas histórias infantis, conhecemos o mito do feitiço que transforma um sapo num príncipe. Um mito é uma forma fantasiosa de contar uma situação real. Longe dos contos de fadas, há muitos sapos se passando por príncipes, mas esse espírito de feitiçaria será exposto. Muitos homens estabelecidos e entronizados como príncipes, homens famosos, honrados e respeitados serão expostos ao vexame! Você vai ouvir muito essa palavra pros próximos meses: VEXAME! 

O método de purificação de Deus é trazer à tona as impurezas. Na prática, tudo vem à tona e a pessoa que está sendo purificada é envergonhada publicamente para que não possa mais esconder seu pecado, e assim, ter a chance de se arrepender. Devemos lembrar que Deus quer arrependimento, quebrantamento e salvação. Deus tem planos para esta nação. E esta não pode ser uma nação que adora a Deus e simultaneamente uma nação que se afoga em mentiras. O espírito de mentira precisa cair. 


"Eis que eu estou contra ti, diz o Senhor dos Exércitos; e levantarei a tua saia sobre a tua face, e às nações mostrarei a tua nudez, e aos reinos a tua vergonha." - Naum 3:5

No céu, a trombeta está soando: Está aberta a temporada dos vexames!

Caia por terra o espírito de mentiras e de feitiçarias que age nesta nação. Que seja feita a Justiça de Deus! Para estas coisas se manifestou o Filho de Deus: para desfazer as obras do diabo(1 João 3:8)!

Assim diz o Senhor dos Exércitos: 
"Prepara tua casa, pois assim como foi em Sodoma e Gomorra, os anjos estão a caminho para uma visita, e é melhor que eles encontrem justiça no seu lar".

Em Cristo,
Lya Alves

<<Leia mais palavras proféticas clicando aqui>> 

Sobre presbíteros

As Igrejas do Novo Testamento eram pastoreadas por um grupo de homens fiéis e idôneos, que atuavam em harmonia, onde cada um contribuía para o todo à luz de seus dons espirituais e vocações pessoais.

No livro de Atos e nas epístolas, os homens que pastoreavam e supervisionavam as igrejas locais foram freqüentemente chamados de presbíteros (veja Atos 11:30; 14:23; 15:2,4,6,22,23; 16:4; 20:17; 21:18; 1 Timóteo 5:17,19; Tito 1:5; Tiago 5:14; 1 Pedro 5:1; 2 João 1; 3 João 1). 

A pluralidade de líderes possibilita não apenas o acompanhamento mais próximo das diversas atividades, ministérios, e processos da Igreja, como também permite que cada um dos ministros assuma apenas as responsabilidades compatíveis com suas competências.

Pastores, bispos e presbíteros não são três ofícios diferentes, nem graus de hierarquia, mas sim três palavras que descrevem aspectos diferentes do mesmo ofício. No Novo Testamento, as palavras pastor, bispo e presbítero descrevem os mesmos homens (Atos 20:17,28; 1 Pedro 5:1-3; Tito 1:5-7). Eles servem em congregações locais, cuidando do rebanho de Deus. 

As várias palavras identificam os mesmos servos, mas cada palavra tem seu próprio significado. Essas variações de sentido ajudam para mostrar aspectos diferentes do trabalho dos homens que cuidam de uma congregação. 

O plano de Deus é que haja vários presbíteros em cada igreja local (Atos 14:23; Filipenses 1:1). Os homens designados como presbíteros devem estar de acordo com a descrição que Deus fornece nas Escrituras (1 Timóteo 3:1-7; Tito 1:5-9). Os presbíteros cuidam do rebanho de Deus, no meio que estão, exercendo a supervisão dele (1 Pedro 5:1-2). Deve-se ressaltar que os presbíteros não cuidam de rebanhos (plural) de Deus, mas do rebanho (singular) de Deus, no meio que estão. A supervisão deles se limita a uma igreja local em que foram nomeados. 

A palavra epíscopos vem de epi (sobre, supra)+ skopos(cético, olheiro, sentinela, observador).

"Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus,não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância" -Tito 1:7 (onde está traduzido bispo, é episcopos. E o termo  traduzido como não-soberbo é "authades", que pode ser traduzido como arrogante, e vem de hedonismo, ou seja, um presbítero não deve querer realizar seus próprios interesses. Isto é imcompatível com a função pastoral,que é auto-sacrificial).

A palavra presbúteros vem de presbus (comparativo de idosos, mais velho em idade). Quando substantivo, significa um sênior, como um sinedrista israelita ou um presbítero cristão. Pedro sendo apóstolo, se coloca também na posição de presbítero, por ser um dos mais velhos: "Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar" - 1 Pedro 5:1

"Porque já Paulo tinha determinado passar ao largo de Éfeso, para não gastar tempo na Ásia. Apressava-se, pois, para estar, se lhe fosse possível, em Jerusalém no dia de Pentecostes. E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja." - Atos 20:16,17 . 

Neste texto de Atos 20, onde está traduzido "anciãos" é "presbutes", que vem de presbíteros. Neste capítulo, Paulo relembra o exemplo que ele deixou como pastor e deixa os deveres dos presbíteros:

"Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue."
Atos 20:28

Sobre a participação de mulheres:
Deus criou homem e mulher à sua imagem e semelhança (Gênesis 1.27) e delegou a ambos a responsabilidade e autoridade para criar filhos e administrar a criação (Gênesis 1.26-28).

As divisões e hierarquias entre sexos e raças não fazem parte do propósito original de Deus, e, portanto, não devem ser toleradas na vida da Igreja, onde todos somos um em Cristo. No corpo de Cristo não há distinção entre judeu e gentio, servo e livre, macho e fêmea. 
Em outras palavras, no corpo de Cristo não há lugar para racismo, classismo e machismo (Gálatas 3.28).

Além disso, o derramamento do Espírito Santo no Pentecoste foi sobre “toda a carne” e inclui “filhos e filhas, servos e servas, jovens e velhos”.(Atos 2.16-21).

As recomendações bíblicas a respeito do silêncio da mulher e as restrições para que mulheres não exerçam autoridade na comunidade cristã (1Coríntios 11.2-16; 1Timóteo 2.9-15) estão condicionadas cultural, social e historicamente, e devem ser interpretadas a partir das afirmações que indicam princípios universais, como por exemplo “nem o homem é independente da mulher, nem a mulher do homem, pois assim como a mulher provém do homem, também o homem é nascido da mulher” (1Coríntios 11.11,12).

Registre-se ainda que a Bíblia não ensina a autoridade do homem sobre a mulher, mas sim a autoridade do marido sobre a esposa, e ainda assim no contexto da submissão mútua (Efésios 5.21-33). 
A autoridade sobre a Igreja não reside no presbítero, mas no Presbitério, de modo que é perfeitamente razoável que mulheres integrem o fórum de autoridade sobre a Igreja, sem qualquer prejuízo de suas relações conjugais e familiares. 
Mulheres que não vivam a sujeição aos maridos estão desqualificadas para o presbiterado, assim como homens que não governam bem suas próprias casas (1Timóteo 3.4,5).

Existe suficiente representatividade de intérpretes bíblicos que defendem a participação de mulheres no Presbitério. Este assunto, portanto, não é questão doutrinária que implique heresia.

**********************************************************************************************************************************
Resumo:
"a. Presbíteros. Dentre os oficiais comuns da igreja, os presbyteroi (presbíteros) ou episkopoi (epíscopos/bispos) são os primeiros, na ordem de importância. O primeiro nome significa simplesmente “anciãos”, ou “mais velhos”, e o último, “supervisores” ou “superintendentes”. O termo presbyteroi é empregado na Escritura para denotar homens idosos, e para designar uma classe de oficiais um tanto parecida com a que exercia certas funções na sinagoga. Como designativo de ofício, aos poucos o nome foi eclipsado e até sobrepujado pelo nome episkopoi. Os dois termos são freqüentemente empregados um pelo outro, At 20.17. 28; 1 Tm 3.1; 4.14; 5.17, 19; Tt 1.5, 7; 1 Pe 5.1, 2, 1 Pe 2:25. Os presbyteroi são mencionados, pela primeira vez em At 11.30, mas é evidente que o ofício já era bem conhecido quando Paulo e Barnabé foram a Jerusalém, e pode ter estado em existência mesmo antes da instituição do diaconato. Pelo menos a expressão hoi neoteroi (“os moços”) em Atos 5 parece indicar uma distinção entre estes e os presbyteroi. Freqüente menção é feita a eles no Livro de Atos, 14.23; 15.6, 22; 16.4; 20.17, 28; 21.18. Provavelmente o ofício presbiteral ou episcopal foi instituído primeiro nas igrejas dos judeus, Tg. 5.14; Hb 13.7, 17, e, então, pouco depois, também os gentios. Vários outros nomes são aplicados a oficiais, a saber, proistemanoi (os que presidem), Rm 12.8; 1 Ts 5.12; kyberneseis (governos), 1 Co 12.28; hegoumenoi (guias), Hb 13.7, 17, 24; epoimenas (pastores), Ef 4.11. Claramente se vê que estes oficiais detinham a superintendência do rebanho que fora entregue aos seus cuidados. Eles tinham que abastecê-lo, governá-lo e protegê-lo, como sendo da própria família de Deus."

- Louis Berkhof, Teologia Sistemática (Campinas, LPC, 1990), p. 586.

O "sucesso" dos ímpios - 3/JAN/2016 - culto de domingo


+NinhodasaguiasOrgem Google+

Não espies a habitação do justo, ó ímpio, nem assoles o seu lugar de repouso, Porque sete vezes cairá o justo, e se levantará; mas os ímpios tropeçarão no mal.
Provérbios 24:15,16 

Salomão, aqui dá um conselho ao ímpio, pra que ele não mexa com um justo, é tipo assim: “não mexe com quem tá quieto, rapaz, o cara é justo. Até porque, mesmo que você derrube ele sete vezes, ele vai se levantar. Já você… vai tropeçar nessa maldade aí, que tá tentando fazer contra ele”. Até aí novidade nenhuma, é só ímpio sendo impiedoso.

Mas quero falar sobre quando esses papéis se invertem, não por maldade do justo, mas pela constatação óbvia das circunstâncias, às vezes parece que certas coisas são injustiça de Deus. Por que o justo sofre e o ímpio é bem sucedido na vida? Por que coisas boas acontecem com pessoas más e coisas más acontecem com pessoas boas? Por que homens cheio do Espírito Santo como João Batista morrem na prisão e homens perversos como Herodes ficam no trono? Por que um homem como o apóstolo Paulo e Pedro são degolados e crucificados, enquanto devassos e perversos como Nero estão governando o mundo? Por que cargas d'água aqueles que escarnecem de Deus ficam ricos e desfrutam dos prazeres deste mundo e aqueles que são fiéis a Deus passam por dificuldades e ainda têm que suportar a disciplina de Deus?

Essa é uma questão forte. Apesar de Habacuque e Jó terem tido uma crise de fé dessas, creio que o exemplo mais claro é o de Asafe, ele se abre inteiro, “Ah! Invejei mesmo, pronto falei!”

Salmos 73

Verdadeiramente bom é Deus para com Israel, para com os limpos de coração. Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios. Porque não há apertos na sua morte, mas firme está a sua força. Não se acham em trabalhos como outros homens, nem são afligidos como outros homens. Por isso a soberba os cerca como um colar; vestem-se de violência como de adorno. Os olhos deles estão inchados de gordura; eles têm mais do que o coração podia desejar. São corrompidos e tratam maliciosamente de opressão; falam arrogantemente. Põem as suas bocas contra os céus, e as suas línguas andam pela terra. Por isso o povo dele volta aqui, e águas de copo cheio se lhes espremem. E eles dizem: Como o sabe Deus? Há conhecimento no Altíssimo? Eis que estes são ímpios, e prosperam no mundo; aumentam em riquezas.

Realmente se você fizer como Asafe e começar a comparar essas coisas, se olhar ao redor e ver que os valores de justiça do mundo são todos trocados, você chega a mesma conclusão que ele chegou...

Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração; e lavei as minhas mãos na inocência. Pois todo o dia tenho sido afligido, e castigado cada manhã. Se eu dissesse: Falarei assim; eis que ofenderia a geração de teus filhos. Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso;

Asafe começa a se perguntar: “O que eu tô fazendo? Vale a pena sofrer tanto pra ser alguém mais próximo de Deus, alguém melhor?” O ímpio prospera, cresce, se torna pujante, intimidador. Tudo o que ele põe a mão parece que se multiplica em dinheiro e prosperidade. Asafe, ao contrário, em vez de prosperidade enfrenta provações. Ele diz que em vez de ver riqueza, ele “todo dia é afligido” e é “castigado cada manhã”. Ele não tem folga. Ele vive diariamente no moinho e na fornalha de Deus. Ele sai de um problema e entra em outro. Sai de uma prova e entra em outra. Para o ímpio a riqueza, para ele o chicote. Para o ímpio o conforto; para ele o castigo. Asafe entra em crise quando compara a qualidade de vida dele com a do ímpio. Parece que o ímpio é mais feliz do que ele.

até que...

Até que entrei no santuário de Deus; então entendi eu o fim deles. Certamente tu os puseste em lugares escorregadios; tu os lanças em destruição. Como caem na desolação, quase num momento! Ficam totalmente consumidos de terrores.

Reparou? É POR UM MOMENTO. Se esses ímpios “poderosos e altivos” passarem por 1% do que você já aguentou firme até hoje, eles desabam, ficam perdidos, aterrorizados.

Como um sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, quando acordares, desprezarás a aparência deles. Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins. Assim me embruteci, e nada sabia; fiquei como um animal perante ti. Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita.

Asafe começa a reconhecer o caminho que estava tomando, e quem estava se tornando; percebe que Deus ficou ali o tempo todo, do lado dele. Nada tinha mudado, o mundo continuava injusto, o ímpio continuava prosperando sem merecer, Asafe continuava passando pelas provações e disciplinas de Deus… A palavra de Deus não é maconha, pra te fazer ver fantasias, duendes, a Palavra de Deus te ajuda a ver a realidade, ela te dá novas perspectivas pra encarar um mundo cruel. O mundo é exatamente o que vemos nos jornais e na televisão: bebês morrem e assassinos são soltos. Esse é o mundo que a gente vive, um mundo que jaz no maligno a muito tempo. A única diferença que conta aqui nessa terra "sem lei", é quem anda com Deus e quem não anda.

Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória. Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti. A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre. Pois eis que os que se alongam de ti, perecerão; tu tens destruído todos aqueles que se desviam de ti. Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras.

Volta e meia nos vemos na mesma situação do nosso irmão Asafe, comparando nossa vida com a de qualquer ímpio mais “bem sucedido”, quando algo está abaixo do que imaginamos ser o ideal pra nós. O que acho lindo na história de Asafe, é que mesmo depois desse desabafo todo, mesmo depois de ter questionado a justiça de Deus, quando o templo de Salomão vai ser inaugurado, é exatamente Asafe que é chamado pra liderar a adoração, foi esse cara que Deus quis o adorando no templo, pela primeira vez.

Um dos 10 conselhos proféticos que Deus deu aqui no Ninho pra 2016, (clique e leia) foi o de Estar pronto para mudanças. Ele disse:

"Assim como derrubo uma floresta que Eu mesmo fiz, para que vocês se acheguem a Mim, Eu vou retirar coisas que Eu mesmo dei a vocês, mas se colocaram entre nós."

Deus vai retirar de nossas vidas coisas que Ele deu, mas que estão nos atrapalhando; Isso inclui projetos, bens, amigos, sonhos… Mas quando a gente alcançava o trono de Deus na visão e olhava pra trás, a floresta brotava de novo; aquilo que Deus pedir, vai ser renovado por Ele quando cumprir seu propósito. Sabe, o texto de provérbios que lemos, diz que se o justo cair 7 vezes, 7 vezes ele vai se levantar; 7 é um número que exemplifica a perfeição, então sem medo de parecer ridículo, eu posso afirmar que até a queda de um justo é perfeita, por que todas as vezes que a gente se arrepender da queda, e estender a mão pedindo ajuda, Deus vai nos erguer seja de onde for, e vai nos colocar de pé, com uma perspectiva nova, e vai renová-la a cada 6 passos se for necessário.

Em Cristo,
Missionário André Alves